Novo modelo de contrato adotado pela Record constrange e irrita artistas

Esse conteúdo não pode ser exibido em seu navegador.

O novo modelo de contrato adotado pela Rede Record para seus artistas vem causando certo constrangimento nos bastidores. Há, ainda, os mais esquentados que fazem questão de não esconder de ninguém sua irritação.

Segundo a coluna “Outro Canal”, assinada por Keila Jimenez, o novo acordo, que varia de pessoa para pessoa, inclue um blog no R7, controle do uso de redes sociais (Twitter, Facebook etc), participação em programas da casa (quem se recusar será multado) e produções fora da TV (a participação em campanhas publicitárias, espetáculos teatrais, filmes e eventos só será permitida mediante autorização).

À Folha, a Record disse que os contratos são confidenciais, mas ressaltou que seus aditivos são negociados livremente e somente se tornam compromissos quando as duas partes concordam com as cláusulas, que são diferentes em cada caso.

Debandada Geral

Apesar de alguns executivos não gostarem quando se fala nos artistas que deixaram a rede, a Record perdeu nos últimos tempos grandes nomes para a Globo. Segue a lista: Gabriel Braga Nunes, Tuca Andrada, Petrônio Gontijo, André Bankoff, Marcelo Serrado, Guilherme Boury, Lavínia Vlasak, Jacqueline Laurence, Patrícia Werneck, Ildi Silva, Juliana Lohmann, Luma Costa, Ana Beatriz Nogueira, Nathália Rodrigues, Andreia Horta, Ana Rosa, entre outros.

Em contrapartida contratou Beth Goulart, Mel Lisboa, Bety Lago, Vitor Fasano, Caio Junqueira, Paulo César Grande, Mário Gomes, Carla Diaz, Jussara Freire, entre outros.

João Paulo Dell SantoJoão Paulo Dell Santo
João Paulo Dell Santo consome TV e a leva a sério desde que se entende por gente. Em 2009 transformou esse prazer em ofício e o exerceu em alguns sites. No RD1, já foi colunista, editor-chefe, diretor de redação e desde 2015 voltou a chefiar a equipe. Pode ser encontrado nas redes sociais através do @jpdellsanto ou pelo email jpdellsanto@rd1.com.br.
Veja mais ›