O dia em que Faustão quase morreu no palco do “Domingão”

Fábio Almeida - 11/07/2019
COMPARTILHE
Faustão tomou um grande susto quando equipamento pegou fogo no palco do “Domingão” (Imagem: Reprodução/ TV Globo)

Faustão já recebeu muita gente nesses 30 anos de “Domingão”, mas poucos convidados fizeram tanto sucesso e ultrapassaram gerações como o Marcolino Pereira. Não lembra dele? O “Do Fundo do Baú” vai fazer você lembrar de um dos momentos icônicos do dominical da Globo.

No ano de 1994, o apresentador recebeu um português com uma invenção um tanto quanto inusitada para o quadro “Os Inventores”. Marcolino foi para o palco e levou sua churrasqueira que funcionava (ou pelo menos deveria) com controle remoto.

“Nós vamos agora mostrar para vocês a invenção do Marcolino Pereira, que veio ao ‘Domingão’ mostrar uma churrasqueira controle remoto“, apresentou Faustão.

O convidado, então, começou a ligar o equipamento. “Aperto o número 1 e liga”, disse ele, que ainda ouviu um “ligou” do comunicador.

(Imagem: Reprodução/ TV Globo)

Em seguida, no entanto, a churrasqueira começou a pegar fogo no palco do “Domingão” e desesperou o artista e sua equipe. “P*** vida. E agora para desligar essa merda aí, meu? Agora desliga”, disparou ele.

“Tá pegando fogo, bicho. Chama os bombeiros”, gritou Faustão, visivelmente preocupado. “Para apagar você chama o Corpo de Bombeiros”, acrescentou o apresentador, em tom de brincadeira.

Depois que o fogo foi controlado, o comunicador questionou Marcolino sobre a motivação do problema. “O controle está com defeito e não apagou”, constatou o convidado, que fez desse momento um meme até hoje.

Assista ao momento épico:

CONTINUE LENDO →

Fábio Almeida é jornalista, produtor multimídia e um apaixonado pelo que acontece na televisão. É redator e responsável pela coluna “Do Fundo do Baú”, publicada às quintas-feiras no RD1, com conteúdos marcantes da história da TV brasileira. Está nas redes sociais no @luizfabio_ca e também pode ser através do email luizfabio@rd1audiencia.com

Deixe sua opinião!