“O Direito de Nascer” substituirá “A Padroeira” na TV Aparecida

Guilhermina Guinle e João Vitti protagonizam “O Direito de Nascer”

A TV Aparecida gostou mesmo de sua incursão pela dramaturgia através da exibição de “A Padroeira”, cedida pela Globo. Tanto é verdade que o canal católico já programou a exibição de outra novela: “O Direito de Nascer”. A informação é de Flávio Ricco.

Produzida pelo grupo independente JPO em 1997 e veiculada pelo SBT em 2001, já toda gravada, a trama escrita por Aziz Bajur e Jayme Camargo e dirigida pelo saudoso Roberto Talma é uma adaptação livre do clássico do cubano Félix B. Caignet, já apresentada na TV brasileira também em outras três versões anteriores – duas nacionais, uma mexicana.

A história se passa no início do século XX, em Cuba, e gira em torno de Maria Helena (Guilhermina Guinle), uma jovem de família rica que se entrega por amor ao conquistador Alfredo (Fernando Eiras), acabando grávida e desprezada por ele.

Vítima do ódio do próprio avô, Dom Rafael de Juncal (Luiz Guilherme), a criança acaba sendo acolhida pela escrava Mamãe Dolores (Dhu Moraes), que foge com o bebê a fim de protegê-lo. Maria Helena, por sua vez, torna-se freira e sonha em um dia reencontrar o filho.

A estreia de “O Direito de Nascer” está marcada para o dia 14 de fevereiro na TV Aparecida. O folhetim, vale lembrar, também foi ao ar pelo canal pago Fox Life, em 2015.

Saiba Mais:

TV Aparecida comemora prêmio de “melhor canal religioso” do ano

TV Aparecida registra boa audiência durante feriado do dia 12

CONTINUE LENDO →

A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.