wagnerpablo-escobar-divulgacao
Wagner Moura como o traficante Pablo Escobar

Wagner Moura precisou engordar 20 quilos e morar na Colômbia para viver um dos maiores traficantes de drogas da história da América Latina, aquele que ele afirma ser o personagem mais difícil de toda a sua carreira: Pablo Escobar.

O trabalho é para “Narcos”, nova série do serviço de streaming Netflix. Em entrevista à revista “Isto É”, o ator destacou o desafio.

“Foi, talvez, o trabalho mais difícil que já fiz na minha carreira, mas gostei muito do resultado”, disse, acrescentando como surgiu o convite: “Foi um convite do José Padilha (mesmo diretor de Tropa de Elite) e, antes mesmo de ler o roteiro, já tinha topado fazer. Ainda em 2013, ele comentou que ia fazer uma série pro Netflix e disse que queria que eu fizesse o Pablo Escobar. Só que como era só uma ideia, fui tocando meus projetos paralelos. Até que, uma hora eu comecei a entender que ia rolar mesmo”.

O eterno Capitão Nascimento também comentou o fato de ter morado na Colômbia e elogiou o país vizinho. “Há muito pouco tempo atrás, 20, 30 anos, Bogotá era a cidade mais perigosa do mundo. Hoje, a Colômbia é um país cuja economia é uma das mais vibrantes da America Latina. Em Medellín, fiquei fascinando com o forte investimento no conceito de cidadania. E isso se materializa de várias formas”, completou.

 

Recomendados para Você:

COMENTÁRIOS - Interaja Você Também! ⬇

Os comentários aqui não refletem a opinião do site e seus autores. Está opção de comentário NÃO publica automaticamente nada em seu Facebook, fique tranquilo!