17:37 :: 25/09/2017

Os Dias Eram Assim

Sobre

Primeira atração a ser produzida sob a nomenclatura de “supersérie” para a faixa das 23h da Rede Globo, “Os Dias Eram Assim” resgata, através da história de amor entre Renato (Renato Góes) e Alice (Sophie Charlotte), um dos mais importantes períodos históricos do Brasil: a Ditadura Militar, época marcada pelo medo, a repressão e a luta pela volta da democracia.

O médico Renato é o filho mais velho de um casal de classe média e, assim como seus dois irmãos, Gustavo (Gabriel Leone) e Maria (Carla Salle), está profundamente envolvido na luta contra o regime golpista. A paixão por Alice pegará de surpresa o rapaz e virará do avesso seus conceitos e emoções, já que a moça é filha do rico empreiteiro Arnaldo Sampaio (Antonio Calloni), apoiador ferrenho do governo vigente e ainda por cima financiador de um grupamento de perseguição aos opositores do militarismo.

As coisas se complicam especialmente depois que Gustavo, durante uma manifestação pública, provoca uma explosão em plena fachada da construtora Amianto, de propriedade de Arnaldo e de seu irmão, Toni (Marcos Palmeira). A partir daí, Gustavo e Renato passam a ser desafetos diretos do empresário, que inicia contra ambos uma implacável perseguição. Nem mesmo a gratidão de Toni por Renato, que salvou a vida de sua esposa Monique (Letícia Spiller) durante complicações no parto de sua filha Esperança (Manu Papera / Kíria Malheiros), é capaz de aplacar o desmedido ódio do patriarca dos Sampaio pelos dois irmãos revolucionários – sobretudo após descobrir que um deles está interessado em sua primogênita.

Questionadora e libertária, Alice nunca aceitou a educação rígida e conservadora imposta por seu pai, o que a levou a constantes conflitos não só com ele, mas também com sua mãe, Kiki (Natália do Vale), e irmã, Fernanda (Letícia Braga / Júlia Dalavia). Namorada do possessivo Vítor Dumonte (Daniel de Oliveira), braço direito de Arnaldo nos negócios, Alice abrirá mão desse relacionamento de conveniência em nome do amor por Renato.

Vítor, porém, não aceitará facilmente perder Alice e será capaz das artimanhas mais vis para afastar seu rival. Cruel, ele se aproveitará do envolvimento de Renato na luta contra a ditadura e o usará como pretexto para encomendar um atentando contra o rapaz, que sobrevive e resolve fugir para o exterior      . Em seguida, mentirá para Alice dizendo que Renato está morto e conseguirá o que tanto queria: casar-se com a jovem.

Exilado no Chile, Renato consegue refazer sua vida e acaba conhecendo a médica nativa Rimena (Maria Casadevall), com quem se envolve e tem um filho, Valentim (Luís Felipe Melo / Matheus Ribeiro). Os anos vão se passando e, em 1980,     com a concessão da anistia política no Brasil, o protagonista resolve voltar ao país que há tantos anos deixou, reencontrar os seus e apresentar a Rimena e a Valentim o lugar onde nasceu e se criou.

É nesse ínterim que acontecerá o reencontro entre Alice e Renato. Assim como ele, ela também formou família com Vítor, teve filhos – Gabriela (Isabella Koppel / Maria Carolina Basílio) e Lucas (Xande Valois / Pedro Pupak) – e ficará estarrecida ao descobrir que o médico nunca esteve morto, como sempre acreditou. Esclarecido o mal-entendido que os separou no passado, Renato e Alice precisarão de mais força do que nunca para defender a paixão que sempre os uniu.

“Os Dias Eram Assim” é uma história de amor, luta, resistência e liberdade, que se configura diariamente nos fins de noite na Rede Globo. Com a direção artística do competente Carlos Araújo, a trama conta ainda em seu elenco com atores como Marco Ricca, Susana Vieira, Maurício Destri, Caio Blat, Nando Rodrigues, Bukassa Kabengele, Felipe Simas, Ricardo Blat, Juliane Araújo, Maureen Miranda, Mariana Lima, Cyria Coentro e Bernardo Velasco.

WordPress Lightbox