Padre defende Henrique Fogaça após polêmica com freiras e manda indireta

Lucas Medeiros - 04/07/2019
COMPARTILHE
Padre se pronunciou sobre Henrique Fogaça (Imagem: Reprodução / Instagram)

Enquanto o Padre Fábio de Melo detonou Henrique Fogaça diante da polêmica com as freiras, o Padre Juarez surpreendeu a todos e saiu em sua defesa.

Em um vídeo no Instagram, ele ainda mandou uma indireta para os que o criticam. Sem citar nomes, ele ironizou os cristãos que se contradizem e atacam o artista.

“Eu tô achando que estão fazendo uma tempestade em um copo d’água. E o que mais me estranha é a maneira odiosa com que os cristãos se dirigem a ele”, iniciou.

“Fez um gesto de mau gosto e quis fazer uma brincadeira? Fez. Mas ele já se desculpou e disse que não era a intenção. Acabamos de falar de perdão e misericórdia”, disse.

“Será que os cristãos não vão ter misericórdia? Ele deve ser queimado na fogueira? Tem alguns dizendo que a Band deve mandar ele embora”, afirmou.

E finalizou dizendo: “Que absurdo! Que maluquice é essa?”. No Instagram, Fogaça fez questão de republicar o vídeo e agradecer pelo apoio.

“Muito obrigado Padre Juarez pela sua sinceridade e coerência. Deus te abençoe. Assistam o vídeo completo”, pediu.

Padre Fábio de Melo detona Fogaça

Henrique Fogaça deu o que falar nas redes sociais ao postar uma foto em Roma, na Itália, abraçando duas freiras com uma roupa polêmica de duas beatas se beijando. Diante da situação, o Padre Fábio de Melo resolveu se pronunciar.

Na legenda, o jurado do “MasterChef” escreveu: “Pedindo a bênção. ‘Orai por nós’, ‘Prega per noi‘, ‘Pray for us‘”. Nas hashtags, adicionou: “blasfêmia, o choro é livre e fuck hipocrisia’”. Ao se defender, ele disse que não foi desrespeitoso com ninguém e foi aí que o padre se revoltou.

“Usar a imagem de duas pessoas que lhe dedicaram gentileza, expondo-as ao ridículo, colocando-as como coadjuvantes de seu protesto, está longe de ser uma atitude de ‘pessoa do bem'”, disparou no Twitter.

Em um vídeo, Fogaça afirmou: “Essas duas freiras brasileiras vieram falar comigo e conversamos um pouco. Estou vendo muita gente me acusar e falar coisas erradas. Não sou racista e nem preconceituoso. Ser gay é doente? Eu acho que não, né?”.

“Falaram que sou desrespeitoso. Isso para mim são pessoas desonestas, que matam, roubam… Eu não faço parte disso. Tenho valores, educação, sou trabalhador. Sou uma pessoa do bem”, disse.

CONTINUE LENDO →

Lucas Medeiros é formado em Comunicação Social e compartilha o dia a dia dos artistas, famosos e celebridades. Acompanhe no Instagram clicando aqui!

Deixe sua opinião!