Paulo Henrique Amorim vive para alfinetar a Globo

Paulo Henrique Amorim não deixou de alfinetar a desistência de Luciano Huck à Presidência da República. Em seu site, o apresentador do “Domingo Espetacular” aproveitou a deixa para cutucar a Globo, sua ex-emissora.

Em um texto publicado na noite de ontem (26), PHA acusa a própria emissora de ter derrubado a candidatura de Huck, e faz um paralelo com o Golpe Militar de 1964, dando a entender que a presença dele nas eleições seria o início de “mais um” no país.

“Lincoln Gordon era o embaixador americano, o que organizou o Golpe com a ajuda dos presidentes Kennedy e Lyndon Johnson. Fosse vivo, Otto diria, com a fuga do Huck: basta de intermediários! Roberto Irineu Marinho para presidente!”, ironizou o jornalista.

Cabe lembrar que esta não é a primeira vez que Amorim faz críticas a Huck. No início do mês, ele falou do encontro do apresentador com o ex-ministro do STF, Joaquim Barbosa. Em um vídeo, PHA disse que Huck “quer ser o presidente com ministérios de notáveis”, e que Barbosa só o encontrou para pedir uma reforma em seu carro, fazendo alusão ao quadro “Lata Velha”, do “Caldeirão”.

Saiba Mais:

Paulo Henrique Amorim chama a Globo de criminosa e crava fim da emissora

Paulo Henrique Amorim compara William Waack a Boris Casoy

 

Recomendados para Você:

COMENTÁRIOS - Interaja Você Também! ⬇

Os comentários aqui não refletem a opinião do site e seus autores. Esta opção de comentário NÃO publica automaticamente nada em seu Facebook, fique tranquilo!