Luiza (Camila Queiróz) acode Eric (Mateus Solano), baleado, no capítulo de “Pega-Pega” exibido terça-feira (6).
Luiza (Camila Queiróz) acode Eric (Mateus Solano), baleado, no capítulo de “Pega-Pega” exibido terça-feira (6).

A Globo está em paz com o público da faixa das sete. Desde “Alto Astral” (2014), a cada nova trama, os números de audiência só aumentam. “Pega-Pega”, atualmente em exibição, repetiu seu recorde nesta semana em São Paulo e também registrou sua maior média no Rio de Janeiro. No acumulado das primeiras quatro semanas, o folhetim de Claudia Souto registra o melhor desempenho do horário desde 2012.

Com uma sequência policial exibida na terça-feira (6), envolvendo os protagonistas Luiza (Camila Queiróz) e Eric (Mateus Solano), que acabou baleado, “Pega-Pega” alcançou 32 pontos no Rio de Janeiro com 47% de participação no número de televisores ligados, o chamado share. Em São Paulo, tanto na segunda-feira (5), quanto no dia seguinte, a novela registrou 31 pontos.

Considerando os primeiros 24 capítulos da trama, “Pega-Pega” acumula média de 27,7 pontos. É a maior desde “Cheias de Charme” (2012); a novela das Empreguetes e de Chayene (Cláudia Abreu) apontou 28,7 no período. “Haja Coração” (2016) bateu os 26,5. Na sequência, está “I Love Paraisópolis” (2015), cujos índices encolheram durante a exibição, marcou 25,2.

Empatadas ficaram “Sangue Bom” (2013) e “Rock Story” (2016), ambas com 24,2. Um dos maiores sucessos das 19h nos últimos anos, “Totalmente Demais” (2015) começou com números modestos, 23,5. Completam o ranking, “Guerra Dos Sexos” (2012, com 23); “Alto Astral” (2014, com 22,7); “Geração Brasil” (2014, com 20,7) e “Além do Horizonte” (2013, com 19,4).

Recomendados para Você:

COMENTÁRIOS - Interaja Você Também! ⬇

Os comentários aqui não refletem a opinião do site e seus autores. Está opção de comentário NÃO publica automaticamente nada em seu Facebook, fique tranquilo!