04:01 :: 24/06/2017
Publicidade

Por personagem com câncer, Isabella Santoni usa peruca de látex na reta final de “A Lei do Amor”

Da Redação 08:00 :: 24/03/2017
Publicidade


Isabella Santoni (Letícia) em "A Lei do Amor", ao lado de Humberto Carrão (Tiago).
Isabella Santoni (Letícia) em “A Lei do Amor”, ao lado de Humberto Carrão (Tiago)

Tudo pela arte. Ou quase tudo. Careca nos primeiros capítulos de “A Lei do Amor”, Isabella Santoni decidiu, junto à equipe da novela, não mais raspar os cabelos para a reta final de sua personagem, Letícia – outra vez acometida por leucemia, tal e qual acontecera no início da trama.

A solução foi providenciar uma peruca de látex, que, aliada a uma maquiagem especial, dará a impressão de que Letícia perdeu os cabelos em razão da quimioterapia – a atriz já surgiu em cena usando perucas tradicionais, escondendo os fios naturais, simulando já ter perdido os cabelos.

Peruca de látex não é necessariamente uma novidade na teledramaturgia. Em 1989, Joana Fomm fez uso de uma para simular a calvície de Perpétua, a vilã de “Tieta”. Nos anos seguintes, o acessório apareceu em tramas como “Chocolate com Pimenta”, com Lilia Cabral, e “Morde & Assopra”, com Flávia Alessandra.

Nas últimas semanas de “A Lei do Amor”, Letícia definhará enquanto aguarda o transplante de medula que será realizado após o nascimento de seu irmão; o problema é que sua mãe, Helô (Cláudia Abreu), será sequestrada pela vilã Magnólia (Vera Holtz). O final mais provável para a mocinha é o romance com Antônio (Pierre Baitelli); os atores chegaram a gravar cenas secretas numa praia.


WordPress Lightbox