Rachel Sheherazade: beleza por fora. Só por fora...
Rachel Sheherazade: beleza por fora. Só por fora…

EXTRA! EXTRA! SHEHERAZADE VIAJA NA MAIONESE PELA ENÉSIMA VEZ!

E a Rachel Sheherazade leva ao ar, mais uma vez, as convicções religiosas dela e desrespeita mais um grupo social. Agora, novamente, foi a vez dos ateus. Já disse tudo o que penso sobre essa mulher em artigos anteriores e estou sem saco para rebater os absurdos que ela diz para milhões de telespectadores. A nova musa do conservadorismo brasileiro, âncora e comentarista do ‘SBT Brasil’, resolveu se manifestar durante a semana sobre a Jornada Mundial da Juventude, evento católico que acontece esta semana no Rio de Janeiro.

Para quem não está por dentro,  Associação Brasileira de Ateus e Agnósticos (ATEA) planeja uma cerimônia de “desbatismo” durante a visita do Papa Francisco ao Brasil, voltada para pessoas que foram batizadas enquanto bebês na Igreja Católica. Para a ONG, a vinda do líder religioso é pastoral, o que não justifica interesse público para os gastos de milhões de reais. Shehe, então, tomou as dores dos católicos e mostrou-se indignada com a notícia.

Antes de qualquer coisa, navegando pelo Facebook na noite deste sábado (20), encontrei um comentário da queridíssima amiga Cátia Milena Albuquerque, repórter do ‘Leitura Dinâmica’ (RedeTV!), que também representa a minha opinião sobre a JMJ e sobre o tratamento que os cristãos estão dando aos ateus que criticam o evento (bancado com dinheiro público, repito):

“Não tenho religião e isso não me torna intolerante. Convivo com todos os credos e sei que em todas as crenças existem vantagens e excessos. Vejo os benefícios da verdadeira espiritualidade em quem a vive de corpo e alma assim como é gritante o fanatismo e a intolerância que ele traz. Muitos católicos ridicularizam Marchas mas se calam com Procissões e Novenas. Muitos evangélicos se consideram discriminados mas são os primeiros a criticar religiões africanas, por exemplo, e assim segue a bola de neve da ira entre credos que deveriam, por seus princípios, disseminar amor e paz.”

Isso foi lindo! Voltando…

No último artigo em que a citei, deixei claro que não responderia mais as declarações estapafúrdias que Sheherazade faz todos os dias no SBT. A bela paraibana é o tipo de “colonista” que merece ser ignorada e que certamente terá o mesmo triste fim de outros comunicadores conservadores. Em breve, estará tão isolada quanto o Boris Casoy, hoje esquecido nas madrugadas da Band (aliás, depois do caso lá com os garis, ele voltou ser destaque na mídia graças a uma revelação do Jorge Kajuru).

“Enquanto isso, aqui no Brasil, um grupo de ateus fundamentalistas prepara uma surpresa para o Papa. Prometem fazer o desbatismo coletivo contra aquilo que chamam de imposição religiosa. Esquecem esses ateus que o cristianismo é uma escolha pessoal e racional. O exercício do livre arbítrio, onde até o batismo de crianças católicas precisa ser confirmado na idade da razão. Mesmo assim, esses ateus pretendem fazer barulho e alertar contra os males da fé, afrontando o Papa e milhões de fiéis na Jornada Mundial da Juventude. Esquecem eles que a intolerância religiosa é inadmissível neste país que garante a liberdade de crença. Pobres ateus, eles não sabem o que dizem. Inconformados e incomodados pela fé, protestando contra o que não acreditam, tentando em vão apartar o homem de Deus. Irônico é que, sem Deus, não haveria nem católicos, nem judeus, nem islâmicos, nem agnósticos e nem mesmo ateus.”

Pobre Shehe, ela não sabe o que diz. Devia tentar um emprego no “Fala Que Eu Te Chup… Escuto”, da Record (risos). Na boa, ela já começa a falar besteira ao usar a expressão “ateus fundamentalistas”. Enfim, como já disse, não vou perder meu tempo rebatendo o que ela diz. Estou com preguiça. Então, navegando no meu Twitter, vi que alguns seguidores estavam compartilhando um vídeo do Canal Anti-Fé, do YouTube. Na gravação, um internauta desconstrói todo o discurso da “colonista”. Se liga:

Poderia ter saído sem essa, né Shehe? Morro de rir! Beijos, querida.

____________________________________________________

Henrique Brinco estudou jornalismo no Centro Universitário Jorge Amado (Unijorge-BA), de Salvador. Escreve sobre mídia e entretenimento há 6 anos nos principais veículos do segmento, tendo seus textos reproduzidos em diversos sites e fóruns sobre televisão.

____________________________________________________

🔵Boletim RD1 💥 Notícias dos Famosos