Rachel Sheherazade provoca com novidade e fãs atacam dono da Havan

Rachel Sheherazade manda recado para haters (Imagem: Reprodução / SBT)

Rachel Sheherazade se manifestou em seu perfil no Instagram e mandou um recado para os haters que a atacam e pedem a sua saída do SBT. O clima entre a jornalista e os seus críticos chegaram a um novo patamar por causa de um comentário de Luciano Hang, dono da Havan.

Contratada por Silvio Santos em 2011, a âncora do “SBT Brasil” mostrou o seu novo crachá da emissora e provocou: “Depois de 8 anos, finalmente renovei o crachá!”. O aviso de Rachel Sheherazade deixou os admiradores eufóricos.

Muitos entenderam o recado como uma alfinetada direta para os críticos e, principalmente, para Luciano Hang. “O velho da Havan não curtiu”, disparou um. “Que susto criatura pensei que o véi [velho] da Havan tinha conseguido”, afirmou outro.

Um terceiro foi além e pediu para que Sheherazade mandasse a foto para Luciano Hang. “Manda a foto para o velho da Havan!”, pediu um terceiro. “Mulher empoderada é assim… Sempre vai se posicionar sem medo”, declarou mais uma.

O mal-estar entre Rachel Sheherazade e o proprietário das lojas Havan, uma das principais patrocinadoras do SBT, começou após o empresário ter sugerido a demissão da jornalista em meio à onda de demissões no setor de Jornalismo do canal.

Confira:

Rachel Sheherazade manda indireta após empresário pedir sua demissão

Dono da Havan, Luciano Hang pediu a demissão de Rachel Sheherazade em um post em sua rede social no início do último final de semana e, de lá para cá, virou alvo de críticas de seguidores e jornalistas colegas da famosa. A contratada do SBT, em seu perfil no Instagram, se manifestou.

A apresentadora do “SBT Brasil” mandou um recado para o empresário indiretamente. Sem citá-lo, a jornalista compartilhou uma frase: “Eu não vou me censurar para confortar a sua ignorância”“Não mesmo”, ressaltou na legenda.

Em hashtag, Rachel Sheherazade avisou que não estava disposta a ser censurada e que não seria calada por ninguém. “Censura nunca mais” e “não me calarão” foram as frases usadas por ela. Até aqui, apenas dois colegas do SBT saíram em sua defesa: Cassius Zeilmann, âncora da emissora, e Sérgio Utsch, corresponde em Londres.

Paulo Carvalho
Paulo Carvalho acompanha o mundo da TV desde 2009. Radialista formado e jornalista por profissão, há cinco anos escreve para sites. Está no RD1 como repórter. Pode ser encontrado nas redes sociais no @pcsilvaTV ou pelo email paullocarvalho19@gmail.com.