Atrações da Record, como “Hora do Faro”, garantem bons índices para a emissora.
Atrações da Record, como “Hora do Faro”, garantem bons índices para a emissora

A Record cresceu em 11 praças no primeiro semestre deste ano, em comparação ao mesmo período de 2016, o que lhe assegurou a vice-liderança em tais locais. Em algumas regiões, como Salvador e Vitória, este acréscimo foi superior a 30%. Em outras, como Belém, Rio de Janeiro e Porto Alegre, inferior a 10%.

Com 9,6 pontos e share – participação no número de televisores ligados – de 27%, a emissora registrou um aumento de 35% nos índices em Salvador. Em Vitória, 33%, com 7,3 pontos e share de 17%. Já em Goiânia, a média chegou a 8,3 pontos, com share de 26%, uma ampliação de 30% nos números.

Distrito Federal, Belo Horizonte e Recife registraram aumentos entre 20% e 25%. Na capital do país, foram 7,2 pontos e share de 22%; já no estado de Minas Gerais, 7,7 de média com 26% de participação no total de ligados; e na capital de Pernambuco, 7,6 pontos e share de 21%.

Com 6 de média e share de 20%, a audiência de Curitiba cresceu cerca de 18%; com 5,8 pontos e 13% de participação, os índices de Campinas subiram 15%. Os resultados mais modestos ficaram com Belém (8%, com 10,7 de média e 22% de share), Rio de Janeiro (4%, com 7,1 e 21%) e Porto Alegre (2%, com 4,4 e 14%).


Recomendados para Você:

COMENTÁRIOS - Interaja Você Também! ⬇

Os comentários aqui não refletem a opinião do site e seus autores. Está opção de comentário NÃO publica automaticamente nada em seu Facebook, fique tranquilo!