Record demitirá mais 150 funcionários na segunda-feira

Record não para de demitir e cortar custos
Record não para de demitir e cortar custos

2013 é, decididamente, um ano-chave para a Record. A emissora decidiu se reestruturar por inteira e, para isso, já promoveu centenas de demissões. Dentro em breve, a terceirização atingirá as principais atrações da Casa, que passarão a ser produzidas por produtoras independentes, medida que, de acordo com o setor financeiro da emissora, gerará grande economia.

Para isso, porém, mais ‘cabeças precisam rolar’. De acordo com o jornalista Lauro Jardim (“VEJA”), na próxima segunda-feira cerca de 150 profissionais serão demitidos do RecNov, complexo de estúdios da Record. Esta será a segunda demissão em massa promovida pela emissora num curto período de tempo.

Por enquanto, somente a equipe do Rio de Janeiro sofreu fortes baixas. Em breve, porém, segundo Jardim, os cortes também atingirão a sede da Record em São Paulo.

Arthur Vivaqua é um apaixonado pela TV, e por Cultura em geral. Ele acredita que pequenas coisas podem gerar grandes reflexões. Arthur já foi editor-chefe e repórter especial do RD1, para onde volta como colunista. Fale com ele através do @ArthurVivaqua no Twitter ou no arthurvivaqua@rd1.com.br.

WordPress Lightbox