Record News ignora condenação de Lula para exibir programa da Igreja Universal
Record News esperou fim do horário da Igreja Universal para noticiar condenação de Lula

A proposta inicial de trazer “jornalismo 24 horas de plantão” da Record News, ao que parece, não existe mais. O canal de notícias de Edir Macedo frequentemente ignora notícias relevantes e dá prioridade para infomerciais e programas bancados pela Igreja Universal do Reino de Deus.

O problema ficou ainda mais evidente na tarde desta quarta-feira (12). A emissora do Grupo Record ignorou a relevância da cobertura a respeito da condenação do ex-presidente Lula na Operação Lava-Jato. No lugar, preferiu continuar exibindo o programa “The Love School – A Escola do Amor”, de Renato e Cristiane Cardoso (filha de Macedo).

A notícia foi publicada em diversos portais de notícia por volta das 13h50 e repercutida pela TV Globo no final do “Jornal Hoje” e em um plantão dentro do “Vídeo Show”, às 14h11. Os canais pagos Globo News e Band News também iniciaram coberturas ininterruptas sobre o caso, com especialistas e repercussão no Congresso Nacional. Na TV de Macedo, a prisão de Lula só foi notícia no “Link Record News” a partir das 15h (quando acabou o horário destinado a IURD).

A decisão resume bem um dos motivos de o canal de notícias ser fracasso de audiência e repercussão mesmo estando em sinal aberto. A Record News, que faz aniversário em setembro e tinha tudo para dar certo, deixa evidente que chega aos 10 anos sucateada e pouco relevante. E a culpa disso não é dos profissionais que lá trabalham – e sim de quem está acima deles.


Recomendados para Você:

COMENTÁRIOS - Interaja Você Também! ⬇

Os comentários aqui não refletem a opinião do site e seus autores. Está opção de comentário NÃO publica automaticamente nada em seu Facebook, fique tranquilo!