RedeTV! estuda canal de notícias em parceria com a CNN

RedeTV! deve contar com "grife CNN" em sua grade de programação.
RedeTV! deve contar com “grife CNN” em sua grade de programação

A RedeTV! pode ser a próxima emissora do país a ter seu canal de notícias, a exemplo de Globo, Band e Record. Segundo a jornalista Cristina Padiglione, a rede de Amilcare Dallevo e Marcelo de Carvalho está em negociação com a CNN, canal a cabo de notícias norte-americano, controlado pela Turner (também responsável por Esporte Interativo e TNT).

O acordo, discutido desde o ano passado, prevê a utilização da marca CNN no Brasil pela RedeTV!, que destinaria à parceira o pagamento de royalty pelo uso do nome, além de uma participação nos lucros obtidos com anunciantes. A emissora também teria de desembolsar um polpuda quantia para contratações e infraestrutura, deixando a grade de programação dentro dos padrões de jornalismo do canal internacional.

Não há registro de caso semelhante envolvendo uma gigante americana e uma TV aberta do Brasil. Em 1998, o SBT acertou como a CBS, por meio da subsidiária CBS Telenotícias, um acordo para a produção de telejornais, gerados de Miami, com apresentação de Eliakim Araújo e Leila Cordeiro. No entanto, não tratava-se exatamente de uma “filial”, mas de uma cessão de horário, digamos.

Desde que Franz Vacek assumiu a superintendência de jornalismo e esporte, a RedeTV! tem feito importantes avanços na área. Destaque, especialmente, para a contratação de Mariana Godoy, ex-Globo News, hoje à frente do “Mariana Godoy Entrevista”. Ainda, os repórteres Mauro Tagliaferri e Téo Taveira e o âncora Boris Casoy, que saiu do “Jornal da Noite”, da Band, para o “RedeTV! News”.

AvatarDa Redação
A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.
Veja mais ›