Silvio Santos é o maestro das mudanças do SBT
Silvio Santos é o maestro das mudanças do SBT

Apresentar um programa no SBT está longe de ser sinônimo de estabilidade. Com o anúncio do fim do “Famoso Quem?”, a emissora já soma oito ‘assassinatos’ somente este ano.

A instabilidade, segundo diversos veículos, possui nome e sobrenome: Silvio Santos. O dono da emissora é o principal responsável pelas decisões que resultaram no fim súbito de oito atrações, algumas antigas, outras recentes, que não mais alcançavam as metas estabelecidas pelo Patrão.

Relembre quem já deixou a tela do SBT em 2013 e eleja aquele de quem você sente mais falta:

Bozo não conquistou as crianças da Era Digital
Bozo não conquistou as crianças da Era Digital

“Bozo”

A nova versão do palhaço que foi ícone pop nos anos 80 não agradou às crianças e Bozo, apresentando nas manhãs de sábado um programa que levava seu nome, amargou baixa audiência, permanecendo apenas cerca de três meses no ar.

O palhaço também chegou a apresentar o “Bom Dia & Cia” durante alguns dias, afetando também a audiência do matinal infantil. Tão subitamente quanto ‘ressuscitou’, o personagem deixou a grade do SBT sem se despedir oficialmente do público.

César Filho e o 'finado' "SBT Repórter"
César Filho e o ‘finado’ “SBT Repórter”

“SBT Repórter”

Nem mesmo um dos mais tradicionais programas da história da emissora escapou da onda de cancelamentos promovida por Silvio Santos em agosto.

Há décadas no ar, o “SBT Repórter”, que nos últimos anos era comandado por César Filho e na maioria das vezes alcançava a vice-liderança de audiência, teve seu fim decretado por Silvio, que não escalou nenhum substituto para o jornalístico, que ia ao ar nas madrugadas de segunda-feira.

Quinteto do "Astros"
Quinteto do “Astros”

“Astros”

Os telespectadores também não tiveram a chance de se despedir do “Astros”, show de calouros apresentado por André Vasco, que sequer teve alguns episódios inéditos exibidos e foi cancelado no mesmo dia em que iria ao ar.

O programa, tradicional, teria chegado ao fim devido ao baixo faturamento. Tanto o apresentador quanto o quarteto de jurados possuem futuro incerto na emissora e podem ser dispensados em dezembro.

2013 não foi um bom ano para palhaços...
2013 não foi um bom ano para palhaços…

“Carrossel Animado”

A dupla de palhaços Patati e Patatá também não agradaram a Silvio, que chegou a demiti-los durante o “Troféu Imprensa”, voltou atrás alguns dias depois, mas, por fim, decretou o fim da atração.

Os palhaços comandavam um programa repleto de desenhos animados no início das manhãs, mas acabaram dando lugar a César Filho e a edição ao vivo do “SBT Manhã”. Embora ainda não tenham anunciado oficialmente, Patati e Patatá já não apresentam nenhum programa e devem deixar o SBT em breve.

O "Clube do Carrossel" durou pouco tempo
O “Clube do Carrossel” durou pouco tempo

“Clube do Carrossel”

Ancorado por atores de “Carrossel” que se vestiam e eram chamados pelos nomes de seus personagens na novela, o “Clube do Carrossel” teve poucas semanas de vida no início das noites do SBT.

A audiência do infantil era baixa (embora maior do que a do atual “SBT Notícias, ocupante da faixa) e a atração acabou sendo substituída pela reprise da própria “Carrossel”, que também durou poucas semanas no ar.

Matheus Ueta e Ana Victória Zimmermann, no entanto, continuam contratados da Casa e apresentam o “Sábado Animado”.

Os "Amigos da Onça" foram engavetados
Os “Amigos da Onça” foram engavetados

“Amigos da Onça”

As aventuras de uma trupe de amigos que pregam peças pesadas uns nos outros também não obtiveram êxito este ano e o “Amigos da Onça” acabou sendo engavetado por Silvio.

O humorístico, porém, ainda possui chances de voltar ao ar em 2014, já que novos episódios da atração continuam sendo gravados. No quesito audiência, o programa nunca chegou a empolgar e, na maioria das vezes, era derrotado pela Record.

Christina Rocha 'foi e voltou'
Christina Rocha ‘foi e voltou’

“Casos de Família”

No ar desde 2004, o “Casos de Família” teve um ano repleto de adrenalina. A primeira mudança orquestrada por Silvio foi a migração da atração para as noites de segunda-feira.

A novidade, porém, durou apenas uma semana e o programa de Christina Rocha foi cancelado, sendo substituído pela série americana “Sobrenatural”.

Após mais algumas semanas de incerteza, o “Casos” retornou ao ar e, ilustrando a instabilidade do humor de Silvio, ganhou uma edição extra nas noites de quarta-feira. Um ‘detalhe’, porém, coroa a bizarrice: apenas edições reprisadas do programa tem ido ao ar. As inéditas, por ordens do Patrão, só surgirão na tela em janeiro do ano que vem.

Equipe do "Famoso Quem?"
Equipe do “Famoso Quem?”

“Famoso Quem?”

A última (?) vítima do ano foi o “Famoso Quem?”, formato estrangeiro adquirido pelo SBT e que consistia numa competição entre covers de artistas famosos.

A atração jamais alcançou altos patamares de audiência e viu o “Legendários”, da Record, abrir distância. A paciência de Silvio com o programa acabou e uma sessão de filmes deve ocupar seu espaço ainda este mês.

Thammy Miranda e seus companheiros de atração não deverão ter seus contratos renovados.

Destes, qual não deveria ter sido cancelado?
ver resultado parcial
Carregando ... Carregando ...

Acompanhe muito mais na sua Rede Social preferida:

Instagram: @RD1Oficial

Twitter:   @RD1Oficial

Facebook: @RD1Oficial  


Recomendados para Você:

COMENTÁRIOS - Interaja Você Também! ⬇

Os comentários aqui não refletem a opinião do site e seus autores. Está opção de comentário NÃO publica automaticamente nada em seu Facebook, fique tranquilo!