“Roberto Carlos em Jerusalém”: Cantor visita locais sagrados

Esse conteúdo não pode ser exibido em seu navegador.

Roberto Carlos grava no Santo Sepulcro – TV Globo / Zé Paulo Cardeal

Nos últimos três dias, Roberto Carlos fez uma peregrinação pelos lugares sagrados de Jerusalém para o especial que será exibido na Rede Globo, no próximo sábado, dia 10, logo após “Fina Estampa”. Sob direção de Jayme Monjardim, Roberto Carlos visitou a Basílica de Santo Sepulcro, o Jardim das Oliveiras, o Sítio Arqueológico HaOfel, o Muro das Lamentações e o Monastério de São Jorge.

No sábado, dia 3, por volta das 6h30 (horário de Israel), o cantor foi à Basílica Santo Sepulcro, que, segundo o cristianismo, é o local onde Jesus foi crucificado. Logo na entrada, Roberto Carlos fez suas preces em frente à Pedra da Unção. Em seguida, caminhou em direção à capela no interior da Basílica, acendeu uma vela, e ficou por alguns minutos rezando. Ao final da visita, o cantor recebeu a homenagem do Monsenhor Fouad Twal, autoridade máxima da Igreja Católica, em Jerusalém. Na sequência, seguiu para o Jardim de Getsêmani, aos pés do Monte das Oliveiras. Para o cristianismo, foi nesse jardim, com oliveiras milenares, que Jesus se reuniu com os apóstolos antes de ser crucificado.

No dia seguinte, as gravações aconteceram no Sítio Arqueológico HaOfel e no Muro das Lamentações, local mais sagrado do judaísmo, em Jerusalém. O cantor disse que não tinha nenhum pedido para fazer, só agradecimentos. Ao final, Roberto Carlos encontrou-se com o rabino ortodoxo Shmuel Rabinovitch, mais importante autoridade judaica da Cidade Velha, responsável pelo local e também por grande parte dos lugares sagrados de Israel. E, hoje, dia 5, Roberto Carlos gravou ao final da manhã no deserto da Judeia, com o Monastério de São Jorge ao fundo. “Quando cantei pela primeira vez na Rádio Cachoeiro, aos 9 anos, jamais pensei que uma coisa assim pudesse acontecer na minha vida”, declarou.

O especial

Desde o dia 31, Roberto Carlos e equipe da TV Globo estão em Jerusalém para a realização do show no dia 7 de setembro no Sultans Pool, que significa “Piscina do Sultão”, localizado próximo ao Monte Sião e junto às muralhas da Cidade Velha de Jerusalém. Com direção de Jayme Monjardim e apresentação de Glória Maria, o especial, que será transmitido pela Rede Globo no dia 10, vai mesclar as imagens do show com a peregrinação de Roberto Carlos em Jerusalém. “Queremos transportar essa magia para os telespectadores com os passeios do Roberto Carlos”, diz Monjardim. No especial, Gloria Maria fará a narração, contando a história sobre cada local visitado. “Esse é um show de fé e amor. Queremos falar de todas as religiões e mostrar essa diversidade de Jerusalém”, completa Monjardim.

Para o show, Roberto Carlos não deixará faltar os clássicos no repertório como ‘Emoções’, ‘Como é Grande Meu Amor Por Você’, ‘Como Vai Você’, ‘Detalhes’ e ‘É Preciso Saber Viver’. Além de cantar em português, Roberto Carlos também vai interpretar músicas em italiano, inglês, hebraico e espanhol. O cantor estará acompanhado pela sua banda, com 17 músicos, sob a regência do maestro Eduardo Lages, e contará ainda com o acompanhamento de 12 artistas de cordas israelenses, um coral de 30 pessoas para interpretar a canção em hebraico e outro com 30 crianças para o final do show.

Cerca de 400 pessoas estão trabalhando neste espetáculo, direta e indiretamente. Uma equipe de 30 profissionais da Rede Globo foi para Israel para a captação do show, que também terá o apoio de empresas locais de produção. Para a transmissão, será usada uma Unidade Móvel de Produção, com 14 câmeras, quatro equipamentos robotizados para movimentação de câmeras, uma Unidade Móvel de Mixagem e gravação de áudio e duas unidades de transmissão via satélite para a recepção do show. A quantidade de cabos utilizados na montagem de todo o aparato técnico chega a quatro quilômetros, que daria para dar a volta em toda a muralha da cidade antiga de Jerusalém.

O cenário, assinado por May Martins, traz sete elementos arquitetônicos que representam Jerusalém. Nas laterais, dois telões de 4x10m – equivalente a um prédio de três andares – reproduzirão as imagens do show. O palco terá 40 metros de frente e 26 metros de profundidade. Em frente ao palco, serão usadas pedras locais para dar ainda mais realidade ao cenário.

João Paulo Dell SantoJoão Paulo Dell Santo
João Paulo Dell Santo consome TV e a leva a sério desde que se entende por gente. Em 2009 transformou esse prazer em ofício e o exerceu em alguns sites. No RD1, já foi colunista, editor-chefe, diretor de redação e desde 2015 voltou a chefiar a equipe. Pode ser encontrado nas redes sociais através do @jpdellsanto ou pelo email jpdellsanto@rd1.com.br.
Veja mais ›