“Salve Jorge” deve chegar ao fim com título de maior fracasso das 21h

Théo (Rodrigo Lombardi) e Morena (Nanda Costa)
Théo (Rodrigo Lombardi) e Morena (Nanda Costa)

A Globo vem sofrendo de um efeito inédito em sua dramaturgia desde setembro. “Lado a Lado” derrubou os índices de “Amor Eterno Amor” e fechou com média-geral de 18 pontos, a pior da história do horário das seis (a meta é 25 pontos).

“Guerra dos Sexos”, findada na última sexta-feira, 26, também levou o título de maior fracasso da faixa, até então pertencente a “Tempos Modernos”. O folhetim de Silvio de Abreu fechou com 23 pontos de média-geral, sete a menos do que a meta do horário.

Às 21h, “Salve Jorge” segue os mesmos passos. A trama de Glória Perez dificilmente tirará o título de maior fiasco do horário de “Passione” (2010). Até o capítulo 162, a história de Morena, Théo, Lívia e cia detinha média-parcial de apenas 33.3 pontos.

No mesmo período, as duas últimas antecessoras, “Avenida Brasil” e “Fina Estampa”, esboçavam 38.1 e 38.9 pontos, respectivamente. “Passione”, até então o maior fracasso da história das nove, tinha até o capítulo 162 média de 34.0 pontos.

CONTINUE LENDO →

João Paulo Dell Santo consome TV e a leva a sério desde que se entende por gente. Em 2009 transformou esse prazer em ofício e o exerceu em alguns sites. No RD1, já foi colunista, editor-chefe, diretor de redação e desde 2015 voltou a chefiar a equipe. Pode ser encontrado nas redes sociais através do @jpdellsanto ou pelo email jpdellsanto@rd1.com.br.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com