Silvia Abravanel revela “mágoa” de Gugu e rejeita amizade do loiro: “Saiu sem dar tchau”

Silvia Abravanel relembra saída de Gugu do SBT em 2009
Silvia Abravanel relembrou saída de Gugu do SBT em 2009

Filha “número 2” de Silvio Santos, Silvia Abravanel revelou guardar “mágoa” de Gugu Liberato durante a sua participação no “Eliana” deste domingo (26).

“Tenho mágoa e ressentimento pelas atitudes que ele teve, principalmente, com o meu pai. Ele saiu pela porta sem ao menos dar um tchau. Isso me magoou muito, porque eu conheci o Gugu eu tinha 15 anos, ele tinha uns 27, no casamento do meu pai, dentro da nossa casa. Ele não era nem famoso, não era praticamente nada. Meu pai veio ensinando e fazendo dele o apresentador que ele se tornou. Mas foi embora do SBT para outra emissora sem dar tchau”, contou a herdeira do Homem do Baú sobre o episódio da saída do loiro para a Record em 2009.

A agora apresentadora do “Bom Dia & Cia” também criticou a postura de Zeca Camargo no episódio da morte de Cristiano Araújo. “Ele foi extremamente sem noção, sem graça e desrespeitoso, principalmente com os pais do Cristiano”, disse.

Ainda no quadro “Rede da Fama”, a diretora do núcleo infantil do SBT revelou uma briga com João Kléber e Agnaldo Timóteo, rejeitando a amizade deles.

Durante a entrevista com Eliana, Silvia dedicou uma parte do programa para demonstrar o carinho que sente por Silvio Santos, que a adotou quando ela tinha apenas três dias de vida. “Ele sempre foi o meu melhor amigo e sempre me induz a ir pelo caminho correto”.

Fábio Almeida é jornalista, produtor multimídia e um apaixonado pelo que acontece na televisão. É redator e responsável pela coluna “Do Fundo do Baú”, publicada às quintas-feiras no RD1, com conteúdos marcantes da história da TV brasileira. Está nas redes sociais no @luizfabio_ca e também pode ser através do email luizfabio@rd1audiencia.com

WordPress Lightbox