Sol Nascente é estranha, mas Laura Cardoso nos obriga a acompanhá-la
Laura Cardoso é o único destaque de “Sol Nascente”

Em alguns momentos, e para algumas pessoas, a gente vê a necessidade de medir as palavras antes de falar. É o caso da atual novela das seis da Globo.

Como criticar a criatura (“Sol Nascente”) sem atingir o criador (Walther Negrão)? Eis uma tarefa difícil, e aqui peço licença aos coautores da trama, Julio Fischer e Suzana Pires.

Negrão é um dos gigantes de sua área. Escreveu “Fera Radical” (1988), “Top Model” (1989), “O Sorriso do Lagarto” (1991), “Tropicaliente” (1994), “Era Uma Vez…” (1998) e “Carga Pesada” (2003), produções que me cativaram. Porém, com “Sol Nascente” não rolou.

A substituta de “Eta Mundo Bom!” é confusa, estranha, sem algo absolutamente cativante. Parece uma novela produzida às pressas para ocupar uma faixa sem opções. O enredo central é bobo, os núcleos de italianos e japoneses não despertam interesse algum, apesar de termos ali Francisco Cuoco, Aracy Balabanian e Luís Melo. O casal de protagonistas (Giovanna Antonelli e Bruno Gagliasso) não dispõe da torcida do público. O vilão é vilão por ser vilão… Falta algo, falta uma justificativa para tudo.

Talvez seja por isso que a Globo solicitou mudanças na história após os primeiros grupos de discussão. Há algo de errado. É perceptível.

No entanto, “Sol Nascente” tem em seus quadros um nome (e que nome!) que merece total reverência. Laura Cardoso, do alto dos seus 89 anos, está irretocável (pleonasmo) na pele de uma vovó bandida – ainda que suas intenções não sejam claras. E por ser Dona Laura, a Divina, a gente abre uma exceção.

Chata, “Sol Nascente” ainda não arrebatou a plateia, e provavelmente não o fará. Mas vale a pena acompanhá-la pelo show de Laura Cardoso.

COMENTÁRIOS - Interaja Você Também! ⬇

Não serão aceitos comentários preconceituosos, que façam propaganda e/ou spam de qualquer tipo. Os comentários aqui não refletem a opinião do site e seus autores. Está opção de comentário NÃO publica automaticamente nada em seu Facebook, fique tranquilo ;)