Susana Naspolini
Susana Naspolini causou emoção no “Encontro” (Imagem: Reprodução / Globo)

Susana Naspolini emocionou durante o “Encontro” da última quarta-feira (3), quando falou abertamente sobre a luta contra o câncer. A repórter da Globo no Rio de Janeiro lutou contra quatro diagnósticos da doença e deu detalhes de como os superou.

“Na primeira vez, tinha 18 anos. Na outra, eu era mãe. Quando eu já tinha a Júlia foi a que me deu mais pânico de morrer e deixar a minha filha. No momento da notícia, é devastador. Não tem como, a gente quer viver muito, então, claro que um diagnóstico que coloca em risco a sua vida, ninguém recebe e vai comemorar. Longe disso”, explicou.

“Só que é um fato, não adianta brigar com isso, ficar revoltada: ‘Por que foi acontecer comigo? O que fiz para merecer isso?’. Não fiz nada, é da vida. A gente fica doente, acontece”, continuou a jornalista.

A superação veio com a fé, oração e família. “Nesse caso, família e amigos… é uma corrente de oração que se forma, as pessoas mandam mensagens dizendo que estão torcendo, rezando, que querem te ver bem. Isso vai te dando um gás, é como se você não tivesse o direito de ficar mal”, destacou.

Susana Naspolini lançou, recentemente, o livro “Eu Escolho Ser Feliz”, em que apresentou suas quatro vitórias contra a doença. Emocionada, a global agradeceu o carinho do público. “Nem que eu viva cem milhões de anos, vou conseguir agradecer o carinho que eu recebi nesse dia, que eu recebo todos os dias… o privilégio de estar aqui compartilhando isso, sabe? De estar viva, de estar com todo mundo. É muita gratidão”, declarou.

Responsável por reportagens no “RJTV” que repercutem dentro e fora do Rio de Janeiro, mostrando as mazelas do Estado e ao mesmo tempo cobrando soluções das autoridades, Susana esclareceu, aos risos: “Eu adoro! Já teve joelho raladinho, mas nada que impeça de fazer de novo”.

Aos 46 anos, a beleza ficou em segundo plano. “Já dei muito mais bola para isso, com gorda e magra, cabelo e pele. Hoje em dia, de verdade, tá longe de ser prioridade. Eu quero me achar bonita, me sentir bem, dizer: ‘Tá legal para sair, tô gostando do meu corpo, do meu rosto’. Mas não se está dentro de um padrão. Me libertei, graças a Deus”, comemorou.

🔵Boletim RD1 💥 Notícias dos Famosos

COMENTÁRIOS - Interaja Você Também! ⬇

Os comentários aqui não refletem a opinião do site e seus autores. Esta opção de comentário NÃO publica automaticamente nada em seu Facebook, fique tranquilo!