Visual de Tarcísio Meira em “A Lei do Amor” repercute; relembre outras transformações do ator

Visual de Tarcísio Meira em A Lei do Amor repercute; relembre outras transformações do ator
Tarcísio Meira comemora 81 anos nesta quarta-feira (05)

Aniversariante do dia, Tarcísio Meira, 81, se tornou o assunto do momento desde a estreia de “A Lei do Amor” na última segunda-feira (3).

O seu personagem, Fausto Leitão, classificado pelo ator como “o bom bandido que quer ser o bandido bom”, em entrevista a Daniel Castro, tem chamado atenção não só pela vilania, como pela maquiagem, que rejuvenesceu Tarcísio para a primeira fase da novela.

A mudança no visual tem gerado comentários nas redes sociais; no Twitter, já foi dito que o ator está “derretendo” e que ri a todo momento para manter a maquiagem intacta. Porém, esta não foi a primeira transformação visual de Tarcísio Meira na TV.

Em 2002, o ator recorreu a próteses dentárias de resina e lentes de contato gelatinosas para se performar em Boris, vampiro-mor de “O Beijo do Vampiro” (2002). No ano anterior, furou as orelhas para os brincos e outros adereços que compunham a caracterização de João Medeiros, de “Um Anjo Caiu do Céu” (2001).

Visual semelhante, com direito a tatuagem de mentirinha, foi adotado por seu personagem no especial de fim de ano “Correndo Atrás” (2004). No início da década de 2000, deixou crescer cabelo e barba (e recorreu outra vez a próteses dentárias) para viver o asqueroso Dom Jerônimo, na minissérie “A Muralha” (2000).

“Diferentão” ou não, Tarcísio Meira dá mais uma amostra de seu talento em “A Lei do Amor”. É um divo, né?

Confira:

Duh Secco é “telemaníaco” desde criancinha. Em 2014, criou o blog “Vivo no Viva”, repercutindo novelas e demais atrações do Canal Viva. Foi contratado pela Globosat no ano seguinte. Integra o time do RD1 desde 2016, nas funções de repórter e colunista. Também está nas redes sociais e no YouTube (@DuhSecco), sempre reverenciando a história da TV e comentando as produções atuais.

WordPress Lightbox