William Bonner cometeu um ato falho logo no início do “Jornal Nacional” desta quarta-feira (17) 

O “Jornal Nacional”, da Globo, foi intenso nesta quarta-feira (17), em função da notícia de que o dono da JBS, Joesley Batista, gravou um aval de Michel Temer para comprar o silêncio do ex-deputado Eduardo Cunha – a revelação foi divulgada pelo jornal “O Globo”. Na apresentação do telejornal, William Bonner cometeu uma gafe.

Antes de falar “presidente Michel Temer”, o apresentador soltou um sonoro “ex”, mas percebeu o erro, fez uma longa pausa e retomou a frase sem pedir desculpas.

Em outro momento, o “JN” passou por mais uma falha. Em um link, Zileide Silva falava, direto de Brasília, sobre o caso, enquanto uma manifestante passava ao fundo segurando uma placa escrita: “Eu votei na Dilma”. O câmera ainda tentou de várias maneiras fechar a cena, mas não conseguiu.

A notícia que abalou o país também foi destaque da Globo News, que cortou a programação para dar as informações sobre os últimos acontecimentos. Leilane Neubarth foi quem chamou atenção dos internautas ao dar risada sobre o grampo de Temer.

Veja o momento:


Recomendados para Você:

COMENTÁRIOS - Interaja Você Também! ⬇

Os comentários aqui não refletem a opinião do site e seus autores. Está opção de comentário NÃO publica automaticamente nada em seu Facebook, fique tranquilo!