Entrevista de Geraldo Alckmin ao “Jornal Nacional” foi marcada por embates com âncoras (Imagem: Reprodução / Globo)

Morderam a língua aqueles que apostavam – sabe-se lá por quê – em um tom mais ameno de Renata Vasconcellos e William Bonner, do “Jornal Nacional”, na entrevista com Geraldo Alckmin (PSDB), exibida nesta quarta-feira (29).

Os jornalistas bateram forte no presidenciável, mencionando alianças controversas e casos de corrupção envolvendo membros de seu partido. E o interrompendo com frases dilacerantes.

Renata abriu os trabalhos citando o conluio do PSDB com partidos do chamado “centrão” – o que rendeu o apoio do partido à candidatura de Fernando Collor de Melo, político notório pelos casos de corrupção em seu entorno, ao governo de Alagoas.

Alckmin negou tal aliança; a âncora então resgatou uma declaração do candidato à ela, então apresentadora do “Bom Dia Brasil”, relacionado política à expressão “diga-me com quem andas e eu te direi quem és”. Geraldo bem que tentou se sobrepor à questão, mas foi bruscamente cortado por Renata: Deixe eu concluir”.

Na sequência, Bonner pressionou Alckmin, ao citar a manutenção de Aécio Neves – citado em processos da Operação Lava-Jato – e Eduardo Azeredo – condenado por peculato e lavagem de dinheiro – no quadro de filiados do PSDB.

Geraldo se esquivou do confronto, citando a “ética” na política, ao que William refutou: Essa visão de ética pode ser notável para o senhor, não para os outros. Alckmin ainda ironizou informações de Bonner sobre um dos processos envolvendo o candidato: Corre em segredo de justiça; você é mais poderoso do que eu, deve ter visto”.

A entrevista de Geraldo Alckmin no “Jornal Nacional” compreendeu ainda temas como violência e mobilidade urbana. Em todas as questões, o presidenciável destacou feitos de sua administração em São Paulo, se esquivando das questões e deixando impacientes Renata Vasconcellos, William Bonner e o telespectador – especialmente os do estado de São Paulo…

Saiba Mais:

Citada no “Jornal Nacional”, Luciana Gimenez comemora na internet

Andressa Urach é detonada nas redes sociais após declarar apoio a Jair Bolsonaro

🔵Boletim RD1 💥 Notícias dos Famosos

COMENTÁRIOS - Interaja Você Também! ⬇

Os comentários aqui não refletem a opinião do site e seus autores. Esta opção de comentário NÃO publica automaticamente nada em seu Facebook, fique tranquilo!