A Fazenda 2022: Pétala e Deolane enxergam culpados na má fase de Ruivinha de Marte

A Fazenda 2022
Pétala e Deolane enxergam culpados na má fase de Ruivinha de Marte em A Fazenda 2022 (Imagens: Reprodução – PlayPlus / Montagem – RD1)

Quem tem assistido A Fazenda 2022 diariamente, percebeu que Ruivinha de Marte anda desestabilizada e até mesmo cogitou desistir, aos prantos. Deolane Bezerra e Pétala Barreiros teorizaram sobre essa má fase e ainda enxergaram culpados nessa onda.

Acompanhe tudo que rola em A Fazenda 2022 na cobertura especial do RD1

Logo de cara, a advogada citou que seu grupo, embora discuta o que aconteça no reality, não se pressiona como outros.

Nosso grupo fala, sim, de jogo, mas até hoje eu não perguntei o voto da Pétala, do Tiago… Nós somos livres e discordamos uns dos outros. A gente tem opinião, porque se a gente não tiver, a gente não tem paz”, pontuou Deolane.

A famosa ainda afirmou que se sentiu vigiada ao tentar dialogar com a Ruvinha e criticou as peoas: “Toda hora vinha um e vinha outro pra ver ela conversando comigo. Eu falei: ‘Não tenha medo de conversar com quem você quer’. Estão engolindo ela”.

Pétala foi taxativa ao dizer que isso vai acabar apagando a visibilidade da influenciadora no reality: “Ela vai sumir no programa! Ela vai sair como sem opinião, sem personalidade, como quem não fez nada”.

Deolane Bezerra defende seu próprio grupo e se esquiva das cutucadas em A Fazenda 2022

Além disso, Deolane Bezerra afirmou que costuma dar conselhos sobre ser do bem, de autoconfiança e até mesmo sobre dança, ao invés de pilhar os confinados.

Se eu fosse do mal, eu roubava a cena todo dia. Todo dia alguém me dá motivo dessa casa”, finalizou a viúva do MC Kevin, se defendendo das críticas.

Confira:

O que você achou? Siga @rd1oficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui
Matheus Henrique MenezesMatheus Henrique Menezes
Oficialmente redator desde 2017. Experiências como editor e social media. Já escrevi sobre famosos, TV, novelas, música, reality show, política e pauta LGBTQIA+. Vídeos complementares no YouTube, no canal Benzatheus.