Bruno Gagliasso falou sobre o passado em entrevista (Imagem: Reprodução / Instagram)

Bruno Gagliasso falou em entrevista à revista GQ sobre os erros do passado em meio à polêmica envolvendo o seu nome e piadas publicadas por ele em seu perfil no Twitter, há quase dez anos.

Na entrevista conduzida por Wagner Moura, o ator e diretor perguntou ao marido de Giovanna Ewbank (e pai da pequena Titi) qual o melhor conselho que já recebeu.

Lidar com a vida sempre através da verdade; encarar com a verdade qualquer situação que vier; ser de verdade com todas as pessoas; viver a partir do que for verdadeiro. Se eu disse algo no passado que hoje me envergonho, não pretendo lidar com isso apagando o passado, mas lidando com ele hoje e sendo uma pessoa melhor sempre. Só encarando a verdade com a verdade que a gente evolui”, pontuou.

O ator olhou para o passado e conseguiu vislumbrar seus acertos e erros com autocrítica. Neste caso, ela veio com a chegada da filha, Chissomo Ewbank Gagliasso, mais conhecida como Titi.

Hoje consigo enxergar as coisas como antes não conseguia. Não me justifico, mas a gente cresce, amadurece, aprende. Não existe perfeição, isso é apenas uma idealização. Vivemos, sim, em uma sociedade machista, racista e hipócrita. Só consegui tomar uma consciência real de tudo isso com a chegada da minha filha”, admitiu.

Em julho, o ator se envolveu em uma polêmica após se manifestar contra comentários racistas do youtuber Júlio Cocielo. Depois de massacrar o jovem, internautas recuperaram tuítes do global e descobriram que ele também fez piadas homofóbicas e misóginas. Gagliasso assumiu os erros do passado e disse que evoluiu.

Saiba Mais:

Fernando Scherer se pronuncia após Sheila Mello anunciar separação

Em meio à polêmica com ex, Wesley Safadão se declara para Thyane Dantas