Adriane Galisteu confunde Patrícia Poeta com Fátima Bernardes e web não perdoa

Adriane Galisteu
Adriane Galisteu chamou Patrícia Poeta de “Fátima” durante o Encontro (Imagem: Reprodução / Globo)

Adriane Galisteu passou por uma saia justa durante a sua participação no Encontro, nesta sexta-feira (10). A atriz e apresentadora cometeu um ato falho durante a conversa e acabou trocando o nome de Patrícia Poeta pelo de Fátima Bernardes. A integrante do É de Casa comandou o matinal nesta semana durante as férias da titular.

A loira falava sobre a ação beneficente que organizou para a entrega de marmitas solidárias, quando acabou cometendo a gafe. “Esse rango solidário transformou nossas vidas. Não consigo me imaginar longe disso”, disse ela. “Vocês sabem, Fátima e André [Curvello], que isso transformou minha quarentena?”, questionou, comentando o ato falho.

O momento não passou despercebido pelos telespectadores que se divertiram com a falha de Galisteu. “A Adriane Galisteu chamando a Patrícia Poeta de Fátima kkkkkkk ai Deus que mico”, divertiu-se uma internauta no Twitter.

“Gente, essa semana não teve um convidado que não chamou a Patrícia Poeta de Fátima”, apontou outra. “Adriane Galisteu esqueceu que a Fátima não está apresentando o programa hoje”, brincou mais uma.

Sobre o trabalho solidário de distribuição à população carente nos momentos de pandemia, batizado de Rango Solidário, a famosa comentou sobre a iniciativa. “A gente começou a sair todos os domingos, entregando 30 quentinhas, e hoje a gente entrega 120”, contou ela sobre a transformação do projeto.

A artista explicou o motivo de não poderem fazer ainda mais entregas. “Não conseguimos entregar mais, porque não temos panelas para isso, nem braço, nem cozinha, porque a gente faz isso dentro de casa. Realmente transformou as nossas vidas. Não consigo me imaginar longe do Rango Solidário”, confessou.

O filho de Galisteu, Vittório, de 9 anos, também participou do bate-papo por videoconferência, e comentou sobre o entusiasmo de ajudar a mãe a entregar as marmitas. “Eu fui uma vez entregar e foi muito legal”, revelou.