Globo
Ana Maria Moretzsohn, autora com passagens pela Globo, assina série da Netflix (Imagem: Divulgação / Globo)

Autora com anos de Band, Globo e Record, Ana Maria Moretzsohn vai aportar, em breve, na Netflix. Segundo informações da jornalista Patrícia Kogut, Ana Maria é a responsável pelo texto da série que Daniel Filho prepara para o serviço de streaming por meio de sua produtora, Lereby.

A narrativa deve compreender o convívio, com drama e humor, entre os membros de uma família. O mote é recorrente nas obras de Moretzsohn. Seu último trabalho, Malhação – Casa Cheia (2013), partia justamente das relações entre pais e filhos, a partir de Ronaldo (Tuca Andrada) e Vera (Isabela Garcia), que reuniam os frutos de relações anteriores em uma mesma casa.

Ana Maria Moretzsohn chegou à TV como roteirista das séries Caso Verdade (1982) e Tele Tema (1986). Colaborou em Direito de Amar (1987), Bambolê (1987) e O Salvador da Pátria (1989). Com Aguinaldo Silva e Ricardo Linhares, assinou a primeira novela, Tieta (1989). O trio emendou Pedra Sobre Pedra (1992) e Fera Ferida (1993).

Com Aguinaldo, Ana Maria escreveu a minissérie Riacho Doce (1990); com Ricardo, fez Lua Cheia de Amor (1990) – também de Maria Carmem Barbosa – e supervisionou Malhação (1995); a primeira equipe de texto da novela contava com sua filha, Patrícia Moretzsohn. Em 1996, migrou para a Band, respondendo por Perdidos de Amor (1996), Serras Azuis (1998) e Meu Pé de Laranja Lima (1998).

Voltou à Globo como autora-solo em Esplendor (2000), Estrela-Guia (2001) e Sabor da Paixão (2002). Também respondeu por Luz do Sol (2007), na Record. Ano passado, colaborou com Gustavo Reiz na sinopse de Gênesis, também na rede de Edir Macedo; o projeto, porém, foi cancelado.

🔔Boletim RD1 | Notícias dos Famosos