Aguinaldo Silva abre o jogo e faz revelação sobre reprises de suas novelas na Globo

Aguinaldo Silva
Aguinaldo Silva falou sobre suas tramas serem reexibidas na emissora (Imagem: Reprodução / Instagram)

Afastado da Globo após o fim do contrato, em agosto do ano passado, Aguinaldo Silva tem visto com alegria o fato da emissora escolher reprisar suas tramas para ocupar as faixas nobres durante a pandemia do coronavírus.

Em entrevista ao colunista Flávio Ricco, do R7, o autor comentou sobre o fato de Império e Fina Estampa terem sido reexibidas na emissora carioca:

“Fiquei feliz por ter contribuído de modo tão ativo para que a emissora na qual trabalhei 41 anos mantivesse sua programação em dia”.

O fato de Fina Estampa e Império, mesmo sendo reprises, terem sido os programas de maior audiência da televisão brasileira enquanto estiveram no ar, [‘Império’ entra nas últimas semanas de exibição] também me fez muito bem. Melhor que isso, só a vacina, que, aliás, já tomei”, afirmou.

Vale lembrar que Aguinaldo está morando na Europa e passou por uma polêmica recentemente. O escritor surpreendeu seus seguidores com uma crítica para a vacina da Coronavac. Ele ainda utilizou um termo utilizado pelos apoiadores do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) para falar sobre o imunizante.

Tanto sacrifício na fila pra tomar a vacina chinesa e, quando chego aqui na Europa e mostro o certificado de vacinação, me dizem a mesma coisa em toda parte: ‘Essa dai aqui não vale!’”, disparou.

O dramaturgo acabou sendo detonado nos comentários da postagem. “A vacina é um imunizante, não é um passaporte. A coronavac foi a vacina que esteve disponível para o nosso provo e garantiu a vida de muita gente já. Não dá pra ser esnobe diante de um assunto tão delicado“, criticou um.

Europeu é um povo em extinção, é só casa velha, um povo ranzinza, tomam um banho por semana, por isso o vírus gostou deles… povo que se acha a último acarajé do tabuleiro da baiana”, disse outro internauta.

Um terceiro seguidor de Aguinaldo Silva disparou: “Caralh*, você tomou a vacina para não morrer por causa do vírus ou para fazer turismo? É por causa dessas opiniões que o bolsonarismo ainda vive”.

Em recente entrevista para o programa A Noite É Nossa, da Record, o autor revelou detalhes sobre sua dispensa da Globo. “Todas as minhas novelas acabam sendo polêmicas. O que aconteceu com Sétimo Guardião, talvez, tivesse numa fase muito ativa na internet e tinha opiniões muito próprias”, explicou.

Não foi bem aceita pelas pessoas que viram na novela uma oportunidade para me… não vou usar derrubar que é muito forte… puxar o tapete”, disse ainda, sem citar nomes de quem teria interesse em sua saída.

Na época, vários atores chegaram a demonstrar insatisfação, além da reta final ter sido ofuscada pela polêmica envolvendo Marina Ruy Barbosa e José Loreto, com boatos de traição contra Débora Nascimento.

“Acho que a partir de agora, qualquer que seja o lugar onde eu volte a trabalhar, o que a gente tem que fazer é um contrato por obra. Alguém quer uma novela minha? Tudo bem, vamos conversar”, declarou Silva.

MAIS LIDAS

Da Redação
A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.
Veja mais ›