Alexandre Pires é acusado de integrar esquema ilegal de garimpo; empresário é preso

Alexandre Pires
Alexandre Pires é alvo de investigação da Polícia Federal sobre garimpo ilegal (Imagem: Reprodução / Globo)

Alexandre Pires, na lista dos cantores mais conhecidos do país, entrou na mira de uma investigação da Polícia Federal. A ação foi gerada por suposto envolvimento no esquema de garimpo ilegal na Terra Yanomami. O artista passou a ser investigado por integrar o “núcleo financeiro”.

O artista teria embolsado mais de R$ 1,3 milhão de uma mineradora alvo de um inquérito. O famoso foi alvo de um mandado de busca e apreensão em um cruzeiro onde se apresentava no litoral de Santos, segundo o jornal O Globo.

O inquérito realizado expôs ainda que um empresário do ramo musical, de expressão nacional, seria um dos responsáveis pela logística financeiro dos crimes. A PF apontou Pires como beneficiário de dois depósitos.

Em contrapartida, uma das contas bancárias do músico teria repassado R$ 160 mil para a mineradora. Os investigadores chegaram ao entendimento que Alexandre “ignorou a origem do dinheiro e assumiu o risco de ser proveniente de atividade criminosa”.

No esquema ilegal, o minério era declarado como originário de um garimpo regular no Rio Tapajós, em Itaituba, no Pará, e supostamente levado para Roraima para tratamento. A dinâmica, no entanto, era mentirosa. O material era extraído direto do estado.

A operação chamada Disco de Ouro promoveu dois mandados de prisão e seis de busca e apreensão.

Todos foram expedidos pela 4ª Vara Federal da Seção Judiciária de Roraima, em Boa Vista e Mucajaí, além de São Paulo, Santos, Santarém, Uberlândia e Itapema.

Empresário de Alexandre Pires é preso

Matheus Possebon foi preso de forma preventiva pela Polícia Federal de Santos. A ação ocorre após ele desembarcar do cruzeiro temático do artista. Alexandre foi conduzido na manhã de segunda-feira (4), à sede da PF em Santos, e liberado.

A Opus Entretenimento, responsável pela gestão da carreira do músico, informou que desconhece qualquer atividade ilegal relacionada a funcionários e parceiros.

O que você achou? Siga @rd1oficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui
Paulo CarvalhoPaulo Carvalho
Paulo Carvalho acompanha o mundo da TV desde 2009. Radialista formado e jornalista por profissão, há cinco anos escreve para sites. Está no RD1 como repórter. Pode ser encontrado nas redes sociais no @pcsilvaTV ou pelo email [email protected].