Alok abre o jogo sobre ajuda a Whindersson Nunes durante depressão

Alok
Alok contou sobre como lidou com problema de Whindersson Nunes (Imagem: Reprodução / Instagram)

Alok abriu o coração e relembrou sua ajuda quando Whindersso Nunes enfrentou a depressão. Em entrevista ao Splash, o DJ contou como conseguiu auxiliar o humorista nesta fase tão delicada:

“Ele ia muito para a minha casa durante aquele momento dele. Eu estava tentando, de alguma forma, ajudá-lo, ouvi-lo. Ele é um garoto muito especial e em nenhum momento o tratei como um doente”.

Alok, que conheceu a depressão pela primeira vez quando tinha dez anos, explicou que o fato de conhecer a sensação já foi um impulso para ajudar o amigo.

Veja Também

“Eu já sabia como era, e tentar explicar isso para alguém que nunca teve, é como explicar o gosto amargo para quem nunca provou. Como eu já tinha provado desse amargo, quis ajudá-lo. E ele superou com muito bom humor, o que é muito legal“, disse.

Whindersson Nunes revela o que Alok fez para ele superar depressão

Whindersson Nunes voltou a abrir o jogo sobre a crise de depressão que enfrentou em 2019. O humorista fez o desabafo no espetáculo de stand-up É de Mim Mesmo, que estreou na Netflix. A informação é do Splash.

“Passei quase seis meses sem fazer nada. Sem aparecer na TV, sem fazer vídeo, sem trabalhar… Estava mal mesmo. Não queria fazer nada. E o assunto era só esse [seu estado emocional]”, declarou o humorista.

O famoso contou que tudo piorou depois que ele expôs o que estava vivendo em entrevista ao Fantástico, da Globo, em julho daquele ano. “Depois disso, tudo o que se falava de depressão, o povo falava: ‘chama o Whindersson’. Que diabo é isso? Você ser o nome da depressão? Aí comecei a negar a ida nos programas de TV”, comentou ainda.

Para piorar a situação, na mesma época, o artista acabou tendo que fazer uma cirurgia na região do ânus. “Um mês eu passei sem andar. Era deitado ou em pé, eu não podia nem sentar. Que a dor era terrível”, disparou.

Por causa da insistência, Whindersson Nunes deu um ultimato para sua assessoria. “Minha filha, não posso sentar. E não quero falar. São dois motivos para você não ir para lugar nenhum”, disse ele.

No espetáculo, ele acrescentou que uma das pessoas que mais buscou ajudá-lo em meio à crise foi o DJ Alok. “Ele é um cara sensacional, gente boa demais, umas das pessoas com o coração mais legal que eu já vi na minha vida”, ressaltou.

Ele queria ir lá em casa porque via que eu não queria sair. Ele queria me tirar de casa: ‘vamos gravar, cara?’, ‘vamos conhecer o estúdio novo’. E eu estava naquela de ‘não cara, não quero trabalhar, sair…’”, relatou o famoso.

O que você achou? Siga @rd1oficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

MAIS LIDAS

Da Redação
A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.
Veja mais ›