Ana Maria Braga é obrigada judicialmente a demolir muro irregular de sua casa

Ana Maria Braga
Ana Maria Braga foi obrigada judicialmente a demolir muro irregular de sua casa (Imagem: Reprodução / Instagram)

Embora Ana Maria Braga seja conhecida por sua figura muito zelosa a seus compromissos profissionais e pessoais, uma questão a perturbou judicialmente. O Departamento de Estradas e Rodagens (DER) determinou que a loira demolisse um muro irregular numa casa na praia de Maresias, em São Sebastião (SP).

A informação vem de Fábia Oliveira, do jornal O Dia, que afirma que a apresentadora não cumpriu uma notificação administrativa do órgão, quando construiu um muro que invadia a faixa de uma rodovia. A construção tinha o recuo de 7,5 metros, quando deveria ter no mínimo 10 metros. Mesmo com projeto aprovado na época da construção, esse direito não lhe cabe.

André Quintela Alves Rodrigues, juiz da 1ª Vara Civil da cidade justificou a decisão com a seguinte alegação: “A lide não trata de considerações de segurança ou velocidade do trânsito no local, mas sim de invasão de propriedade pública, e o eventual desrespeito à faixa de domínio por terceiros estranhos à lide não têm o condão de eximir a requerida do cumprimento da legislação”.

Vale citar que o DER venceu a ação em segunda instância, sendo que em 2020 a Justiça já tinha autorizado a executar a sentença, mesmo com as contestações de Ana Maria. Ainda consta que uma notificação administrativa foi enviada para o imóvel da titular do Mais Você, mas um funcionário que cuida da casa se recusou a assinar, dizendo que não tinha autorização para isso.

Mudando de assunto, a famosa criticou a ineficiência de Jair Bolsonaro para controlar a pandemia em suas redes sociais: “Se seu comércio está fechado, por falta de vacina. A economia está quebrando, por falta de vacina. A escola do seu filho está fechada, por falta de vacina. Sua vida não volta ao normal, por falta de vacina. E adivinha quem recusou 14 ofertas de vacina?”.

No Twitter, em outra oportunidade, Ana Maria Braga complementou a mensagem com acusações ao presidente: “Quantos de nós não poderiam estar aqui hoje se as 18 milhões de vacinas contra Covid-19 não estivessem sido recusadas?”.

Matheus Henrique MenezesMatheus Henrique Menezes
Oficialmente redator desde 2017. Experiências como editor e social media. Já escrevi sobre famosos, TV, novelas, música, reality show, política e pauta LGBTI+. Vídeos complementares no YouTube, no canal Benzatheus.
Veja mais ›