Âncora da CNN Brasil rebate afirmação de ministro de Bolsonaro ao vivo

CNN Brasil
Evandro Cini reagiu contra o ministro de Bolsonaro ao vivo (Imagem: Reprodução – CNN Brasil / Montagem – RD1)

O telejornal Live CNN, da CNN Brasil, desta terça-feira (4), contou com um momento de grande climão entre Evandro Cini e o ministro do Turismo, Gilson Machado. Tudo aconteceu quando o aliado do presidente Jair Bolsonaro (PL) acusou o canal de divulgar fake news.

Apontando o seu celular para a câmera, durante entrevista, o ministro mostrou uma imagem do momento em que a CNN Brasil declarou que Bolsonaro testou positivo para a Covid-19. A informação foi dada de forma erroneamente na tarja do canal durante 11 segundos, enquanto uma repórter garantia que o presidente havia testado negativo.

“Agora deixa eu terminar aqui… vou dar a oportunidade para você explicar. Como vocês colocaram que Bolsonaro testou positivo para a Covid, bicho? O que foi isso aqui?”, questionou o ministro do Turismo.

O âncora da CNN Brasil, então, reagiu: “Essa imagem que você está mostrando aqui… eu peço até que você permaneça para ouvir o que eu tenho para falar para você e a todos que nos acompanham”.

“Sobre essa imagem que o ministro está mostrando com o celular dele, a CNN esclarece que esse erro foi devidamente corrigido no ar ontem. Ela revelou que o presidente Jair Bolsonaro testou negativo para a Covid, a informação foi dada corretamente pela analista Thais Arbex, mas essa tarja ela foi veiculada erroneamente por 11 segundos com o termo ‘positivo'”, ressaltou ele.

Evandro Cini completou: “É bom a gente deixar claro, ministro, já que o senhor omitiu que a CNN corrigiu esse erro no ar e se desculpou pelo equívoco em todas as plataformas. Está aí a resposta para a sua pergunta”.

“Eu não omiti, estou agora tendo a oportunidade de saber a verdade. Nada como a verdade”, rebateu o bolsonarista. O apresentador concluiu: “Da próxima vez que te perguntarem sobre isso você pode falar, então, que a CNN corrigiu e se desculpou”.

CNN Brasil fala sobre o caso

Após a polêmica envolvendo o erro a respeito da saúde do presidente, a CNN se desculpou em rede social.

“Erramos: Na noite de hoje, uma de nossas tarjas apresentou erro sobre teste para COVID do presidente Jair Bolsonaro. Diferentemente da informação da analista Thais Arbex, de que o resultado foi negativo, a tarja levou o termo ‘positivo’. O texto foi corrigido 11 segundos depois”, garantiu.

Gostou do conteúdo? Siga @rd1oficial no Instagram e RD1.com.br no Facebook para acompanhar as últimas notícias dos famosos.

MAIS LIDAS

Luiz Fábio Almeida
Luiz Fábio Almeida é jornalista, produtor multimídia e um apaixonado pelo que acontece na televisão. É redator e colunista do RD1. Está nas redes sociais no @luizfabio_ca e também pode ser encontrado através do email [email protected]
Veja mais ›