André Azeredo engorda conta bancária após trocar Globo por Record

André Azeredo
O jornalista André Azeredo fechou com a Record um contrato de R$ 70 mil mensais (Imagem: Reprodução / Globo)

A Record parece ter abandonado a prática de oferecer altos salários para conseguir ter estrelas globais em seu elenco. Prova disso é que, nesta semana, negociou o passe de André Azeredo, repórter do “Bom Dia São Paulo” que despontava para uma carreira promissora na concorrente, usando de valores bem distantes das fortunas que costumava desembolsar.

Na nova casa, o jornalista vai comandar o “São Paulo no Ar”, exibido entre 7h e 9h, com um salário mensal de 70 mil. O valor é considerado pouco em relação aos desembolsados em outras ocasiões, mas é dez vezes maior do que Azeredo recebia na TV dos Marinho. As informações são do jornalista Daniel Castro.

Para conseguir fechar com Rodrigo Faro, por exemplo, a Record paga um vencimento em torno de  R$ 700 mil – valor que ainda pode ser multiplicado até R$ 2 milhões com os merchandisings.

A saída de Azeredo mexeu com os bastidores da Globo. Além dele, outros dois profissionais devem seguir o mesmo caminho, com grandes chances de trabalhar os três na mesma equipe. Engana-se, entretanto, que a negociação foi fácil. A Record, num primeiro momento, propôs apenas o ingresso na reportagem.

A Globo chegou a cobrir, prometendo a André Azeredo a apresentação do matinal local paulista, nas folgas de Rodrigo Bocardi, o que fez ele continuar onde estava. Porém, na semana passada um novo ataque foi feito: um telejornal matinal e o acréscimo substancial nos vencimentos.

CONTINUE LENDO →

A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.