André Marques fala em dor ao relembrar morte de Tom Veiga

André Marques
André Marques falou emocionado ao relembrar perda do amigo Tom Veiga (Imagem: Reprodução / Instagram)

André Marques voltou a falar sobre a perda recente do amigo Tom Veiga, intérprete do Louro José. Em entrevista à Patrícia Kogut, do jornal O Globo, ele falou sobre o momento ter acontecido justamente após ele ter recebido um convite especial da Globo.

“Penso nele todo dia. A gente tenta tirar lição de todas as coisas que acontecem. Mas a perda do Tom foi muito complicada. Ele estava do meu lado. Era um dos meus melhores amigos. A dor é inevitável, o sofrimento é opcional. Então, tenho levado a vida”, disse.

Tenho que trabalhar, algumas pessoas dependem de mim. O tempo vai curar. Ficam a saudade, a lembrança… Apresentar o “No limite”, então, veio para me desafiar, me tirar da zona de conforto. Eu acho que, no mundo dos bichinhos, minha cadela está me ajudando. E lá do céu meu papagaio favorito também está olhando por nós“, completou.

Por falar em reality, André, que se prepara para encarar o desafio de comandar o No Limite, explicou sobre o aumento no salário.

Sendo bem sincero, a gente trabalha para ganhar dinheiro, e as contas não param de chegar. Mas, quando recebi o convite, não fiquei preocupado porque tem um monte de merchandising. Fiquei feliz com o desafio. Hoje faço alguns programas na casa além dele: “É de casa”, “The voice+”… Em abril fiz 27 anos de Globo. Então, dinheiro é consequência do trabalho“, disse.

Quanto à preparação para o programa, previsto para estrear dia 11 de maio, André contou ao Gshow recentemente que está animado.

A gravação é muito cedo, muitas provas, tem deslocamentos. Apresento, mas sou técnico da prova, tenho que prestar atenção em tudo, tem que estar de olho no que está acontecendo, então tem um desgaste físico, não igual ao deles, mas maior do que está dentro do estúdio fazendo o The Voice“, revelou.

O No Limite conta com provas que exigem esforço físico e psicológico e um dos momentos mais esperados é a Prova do Banquete, onde os participantes precisam encarar um grande desafio: comer olho de cabra. Sobre o fato, André garantiu que não vê problema:

Prefiro comer olho de cabra do que carregar um peso nas costas. Deve ter um gosto amarguinho igual ao olho de peixe. Comi e já foi. Agora, ficar na mesma posição sem se mexer tantas horas não dá, tem que ter cabeça. Se o chefe falar pra gente comer olho de cabra, a gente come”, afirmou.

AvatarDa Redação
A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.
Veja mais ›