Andressa Urach revela a verdade sobre surto e confirma que pensou em sacrificar filho

Andressa Urach
Andressa Urach falou sobre recente polêmica (Imagem: Reprodução / RedeTV!)

Andressa Urach abriu o jogo a respeito de uma das maiores polêmicas em que se envolveu nos últimos tempos. A famosa relembrou da sua internação no ano passado, quando ainda estava casada com Thiago Lopes, que chamou a polícia após um surto psicótico dela.

A ex-A Fazenda declarou para o jornalista Leo Dias, do site Metrópoles, que, na ocasião, teria visto uma passagem bíblica em que uma criança era sacrificada.

“Ele [Thiago] me gravou para depois me mostrar porque não iria acreditar. Estava tendo um surto, falando de coisas espirituais, dizendo que o Leon era meu filho Isaac, que eu queria dar para Deus. Só que não era um sacrifício de eu matar, era um sacrifício espiritual“, desabafou.

Andressa Urach contou que não consegue se reconhecer nas imagens que foram registradas pelo pai da criança, de pouco mais de um ano.

“Eu não consegui nem ouvir, ele [Thiago] tentou me mostrar, mas eu não quis porque achei muito impactante. Eu não me vi, não era eu ali. Para quem está de fora, vai dizer ‘meu Deus, essa menina está maluca, interna, pois está louca’. Eu não tiro a razão dele”, garantiu.

Andressa Urach dá detalhes de internação à força

Ainda na conversa, a famosa confessou que chegou a ver a polícia entrando em sua casa e relatou ter sido amarrada na unidade de saúde.

Andressa disse que recorda que a levaram para o hospital de ambulância e que, no local, não queria tomar as medicações. A ex-vice Miss Bumbum ressaltou até que chegou a cuspir a medicação e que recebeu injeções “igual essas coisas de filme, à força”.

O que você achou? Siga @rd1oficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui
Luiz Fábio AlmeidaLuiz Fábio Almeida
Luiz Fábio Almeida é jornalista, produtor multimídia e um apaixonado pelo que acontece na televisão. É editor-chefe e colunista do RD1. Está nas redes sociais no @luizfabio_ca e também pode ser encontrado através do email [email protected]