Andressa Urach toma atitude contra Silas Malafaia após comentário polêmico

Andressa Urach
Andressa Urach decidiu processar Silas Malafaia (Imagem: Reprodução – Instagram / Montagem – RD1)

Andressa Urach decidiu tomar uma atitude contra o pastor Silas Malafaia, que fez uma declaração polêmica sobre ela no canal de Antonia Fontenelle no YouTube. Ela abriu processo na 2ª Vara Cível do Foro Central da Comarca de Porto Alegre.

Ao UOL, o advogado da ex-A Fazenda explicou que a sua cliente se sentiu desmoralizada pelo pastor e pelos fiéis que passaram a ofendê-la.

“O pastor fez um comentário muito duro de que ela não teria moral para entrar com uma ação contra ele. A partir disso, houve um levante de pessoas criticando-a e chamando-a de tudo que é nome”, declarou o advogado Marco Mejia.

O representante jurídico de Andressa Urach ainda afirmou: “A maneira como ele falou fez com que tomássemos uma posição jurídica”.

Na ocasião, o pastor disse que Urach não teria moral para falar mal da Igreja Universal. Ele afirmou que a igreja a ajudou quando ela precisou e que todo o dinheiro doado pela ex-vice miss bumbum foi por vontade dela própria.

“Ela ficou lá por anos dando testemunho, faturando, vendendo livro. E agora vem com essa falácia? Eu não estou aqui protegendo a Igreja Universal. Agora que voltou para aquela vida que ela condenou? Voltou a fazer tudo aquilo que ela diz que foi a desgraça da vida dela? Que moral essa mulher tem para vir falar de alguém? Nenhuma“, declarou ele.

A modelo processa Silas Malafaia por danos morais e pede uma indenização estimada em R$ 100 mil. O advogado dela, porém, declarou que o principal objetivo é a reparação por parte de Malafaia: “As pessoas têm direito de entrar na Justiça. O que não dá é condenar o direito de entrar na Justiça”.

“Você pode ter opinião para tudo, mas a liberdade de expressão termina quando pegam a opinião e fazem um mal. Ele poderia ter falado de várias maneiras. A finalidade não é ganhar grana, é mostrar que há muitas pessoas lesadas pelas igrejas. As pessoas têm que entrar com a ação se forem lesadas e não podem ser discriminadas quanto a isso“, disse ela.

O advogado garantiu que a famosa está aberta a uma resolução amigável do processo com o pastor, desde que haja uma retratação: “Não sou radical. Quero que as pessoas possam se retratar ou reparar”.

Da Redação
A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.
Veja mais ›