Anitta se afasta do terreiro e Pai de Santo fica magoado

Anitta
Anitta não tem mais ido ao seu terreiro de Candomblé (Imagem: Reprodução – Instagram / Montagem – RD1)

Apesar de falar com tranquilidade sobre o Candomblé, sua religião, Anitta não está mais tão ligada ao terreiro que frequentava e nem a Sérgio Pina, seu Pai de Santo.

publicidade

Segundo a coluna de Fábia Oliveira, do jornal O Dia, o Babalorixá está magoado com a funkeira porque ela deixou de procurá-lo nesse período de pandemia.

Sérgio, que teve um pré-infarto logo no início da quarentena, não contou com a preocupação da artista. De acordo com pessoas próximas ao religioso, Anitta não procurou saber como ele está.

publicidade

Veja Também

Além disso, a famosa “praticamente esqueceu” que tem casa de santo, já que faz tempo que ela não vai por lá. Outro ponto que chamou atenção, foi o da Poderosa ter frequentado outro terreiro em Salvador, e ainda ter visitado o que sua amiga Ariadna Arantes frequentava.

O afastamento da cantora é tanto em relação ao seu barracão, que ela inclusive saiu do grupo de WhatsApp que o Babalorixá mantém contato com os seus filhos de santo.

Segundo a colunista, Pai Sérgio chegou a revelar para pessoas mais próximas que se sente usado pela filha.

Clique aqui e aperte o botão "Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

Em contato com a assessoria de Anitta, a equipe negou que ela tenha se afastado do terreiro e do religioso.

publicidade

O que você achou? Siga @rd1oficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui
Da RedaçãoDa Redação
A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.