Antonio Fagundes dá show de interpretação em Porto dos Milagres

Antonio Fagundes
Antonio Fagundes ao lado de Cássia Kis, sua parceira de cena em Porto dos Milagres (Imagem: Divulgação / Globo)

O maior ator vivo do Brasil tem nome e sobrenome: Antonio Fagundes.

Muitos estão encantados com seu desempenho em Por Amor (1997), reprise da tarde na Globo. Mas seu grande desempenho e um dos mais incríveis de sua vida foi no papel de Félix em Porto dos Milagres (2001), que acaba hoje no canal Viva.

Antonio Fagundes vai do maquiavélico ao maléfico no papel de vilão que pede perdão no último capítulo, mas não se livra de seu final.

O elenco todo é uma obra de arte. Ninguém ali é mediano. Cássia Kis está soberba na megera Adma. Natália Timberg emociona. Camila Pitanga teve o melhor desempenho de sua vida na má Esmeralda, mas depois convertida na Umbanda.

Os dois últimos capítulos da novela, na quinta-feira (3) e nesta sexta (4), com reprise amanhã, são a sequência final das mais dinâmicas e emocionantes da história da TV.

Quem gostou de Avenida Brasil (2012) nas cenas finais é porque não conheceu os dois últimos capítulos de Porto dos Milagres. Os atores foram mestres como poucas vezes se viu na TV.

Marcos Palmeira também teve sua grande performance. Mas Antonio Fagundes foi o Grande Mestre.

O roteiro da novela de Aguinaldo Silva em seu final se equipara às maiores obras de arte das Óperas da história.

A qualidade de texto e a impecabilidade dos personagens e do roteiro são emoção que raras vezes a TV ofereceu a este grau às donas de casa.

Isso é uma novela com a qualidade Globo que Boni deixou de legado. Obras deste quilate são a essência da qualidade da TV de nossa era e a verdade da competência dos autores.


Tiago Mind é um famoso e icônico crítico e profissional de TV. Mantém sua identidade oculta para preservar fontes.

*Suas opiniões não refletem, necessariamente, a posição do RD1.

WordPress Lightbox