Apesar dos erros, Domingão com Huck acerta onde a Globo queria: na audiência

Domingão com Huck
Luciano Huck no Domingão com Huck exibido ontem (5); estreia impulsionou audiência da Globo (Imagem: Reprodução / Globo)

Criticado na web por conta do tom político adotado por Luciano Huck desde que as intenções dele neste meio vieram à tona, o Domingão com Huck estreou cumprindo os objetivos da Globo. Além do alto faturamento, o programa conquistou ótima audiência. Dados obtidos na Grande São Paulo atestam o êxito da nova atração dos fins de semana.

No ar das 18h41 às 21h07, o Domingão com Huck acumulou 18,4 pontos, 20 de pico e 32,7% de participação no número de televisores ligados (share). Na mesma faixa, 7,1 de média para a Record e 5,2 pontos do SBT.

O formato contou com as histórias de vida acompanhadas por Huck no Caldeirão. O game Quem Quer Ser um Milionário? também foi transferido para o domingo. Ainda, o Show dos Famosos, reality musical herdado de Fausto Silva, com apresentações de Fiuk, Glória Groove e Margareth Menezes – Boninho, Preta Gil e Xuxa Meneghel integraram o júri.

O Domingão com Huck foi prejudicado pela suspensão de Brasil x Argentina. A cobertura do cancelamento decorrente do desrespeito às normas da Anvisa alcançou 20,4 de média. O filme Círculo de Fogo (2013), escalado para Campeões de Bilheteria após a suspensão da partida, amealhou 14. O Fantástico angariou 18,9 pontos, enquanto a cobertura dos Jogos Paralímpicos de Tóquio anotou 10,1.

O domingo na Globo contou ainda com 4,3 da Santa Missa, 5,4 para Antena Paulista, 6,6 com Pequenas Empresas, Grandes Negócios, 9 do Globo Rural, 7,2 para Auto Esporte e 7 com Esporte Espetacular. A Temperatura Máxima atingiu 9,4 de média com Rampage – Destruição Total (2018). Logo depois, o The Voice Kids, conduzido por Márcio Garcia, bateu 11,2.

Ainda, 8,9 de Belas e Perseguidas (2015) no Domingo Maior, 6,5 para U.S. Marshals – Os Federais (1998) em Cinemaço, 4,8 com O Atirador – Apontando para a Morte (2005) no Corujão e 4,8 do Hora Um.

Duh Secco
Duh Secco é  "telemaníaco" desde criancinha. Em 2014, criou o blog Vivo no Viva, repercutindo novelas e demais atrações do Canal Viva. Foi contratado pela Globosat no ano seguinte. Integra o time do RD1 desde 2016, nas funções de repórter e colunista. Também está nas redes sociais e no YouTube (@DuhSecco), sempre reverenciando a história da TV e comentando as produções atuais.
Veja mais ›