Após acusação de estelionato, Brad Pitt é processado em R$ 560 mil

Brad Pitt
Brad Pitt é processado por desconhecida (Imagem: Reprodução/Instagram)

Brad Pitt está sendo acusada por Kelli Christina, empresária e moradora do estado do Texas e empresária, após acusar o ator de ter recebido US$ 40 mil (R$ 224 mil) em doações para sua instituição de caridade em troca de comparecer a eventos aos quais nunca foi.

Segundo informações do jornal Daily Mail, Pitt teria sido contratado para ser o garoto propaganda da campanha de arrecadação de dinheiro para Fundação Make It Right, instituição que trabalha na reconstrução do 9º Distrito de Nova Orleans (Luisiana) desde a passagem do furacão Katrina, em 2005. O valor pedido pela mulher é de US$ 100 mil, o equivalente a cerca de R$ 560 mil.

Os advogados do astro de Hollywood trabalham com a defesa de que Kelli foi vítima do chamado Catfish, , quando um golpista usa um perfil se passando por outra pessoa. Sendo assim, ambos envolvidos foram vítimas da fraude.

A mulher também afirma no processo que foi estabelecida uma relação pessoal com o ator e que os dois teriam, inclusive, tido conversas sobre casamento, mas que o assunto cessou quando ela parou de fazer as doações.

Pitt nega que tenha mantido quaisquer contatos com a texana. Além disso, em sua resposta legal à ação, ele afirma que nunca pediu pagamentos a ela, nem autorizou ninguém a fazê-lo em seu nome.

CONTINUE LENDO →

A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.