Após agredir esposa, DJ Ivis produz CD para Wesley Safadão

Da Redação

26/04/2022

Wesley Safadão

Wesley Safadão fez novo trabalho com DJ Ivis (Imagens: Divulgação – Instagram / Montagem – RD1)

Wesley Safadão acaba de lançar um CD produzido por DJ Ivis, que ano passado foi indiciado por agredir Pamella Holanda, sua então esposa.

No último domingo (24), o forrozeiro anunciou a novidade no seu perfil, mas não deixou claro que o projeto foi feito com Ivis. No entanto, na sua conta, o produtor musical postou seu trabalho como cantor.

De acordo com o Splash, a assessoria de Safadão foi procurada e explicou que o DJ não é produtor fixo ou exclusivo do músico. “Ele produziu esse CD promocional, assim como produz vários outros artistas”, disse.

Cabe lembrar que, durante a produção do CD Volume Máximo, DJ Ivis postou alguns registros ao lado do cantor.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por DJ IVIS (@djivis)

Wesley Safadão se pronuncia contra violência

Em julho de 2021, quando veio à tona o caso de agressão, o forrozeiro saiu em defesa de Pamella Holanda.

“NUNCA encoste a mão em uma MULHER! Vamos espalhar amor e paz não só para a Pamella, mas para todas as mais de 12 mil mulheres que são agredidas e violentadas diariamente no Brasil. Isso tem que acabar!!!”, declarou o artista.

Pamella Holanda fala sobre nova vida

Em entrevista ao Vem Pra Cá, do SBT, a arquiteta, que foi agredida pelo então esposo na frente da filha pequena, contou como ocorreu o estalo para tentar mudar a situação que vivia. “Quando percebi que minha filha estava crescendo e entendendo as coisas, vi que não ia ser mais saudável para mim e para ela”, disse.

Eu sentia vergonha da situação por conta do quanto eu mesma me diminuía e me deixava ser diminuída dentro daquela relação. Depois que a gente sai, a gente consegue enxergar as coisas de uma maneira melhor“, continuou.

Em seguida, a influencer justificou: “A demora da justiça… Foi por isso que demorei tanto pra denunciar. Eu tinha medo das pessoas não acreditarem na situação. No dia que fui na delegacia, eu dei sorte, pois era uma delegacia com muitas mulheres. Eu estava sozinha e eu fui acolhida por uma mulher. Isso fez muita diferença”.

“A mulher em si não pode esperar por justiça, por governo, por lei, ou por alguém que vá lá e a retire da situação. Ela tem que agir por conta própria, tem que agir por ela mesmo. É uma decisão que vai salvar a vida dela”, incentivou Pamella.

O que você achou? Siga @rd1oficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui
Da Redação
Escrito por

Da Redação

A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.