Após chilique em vídeo, Ed Motta pede desculpas a Raul Seixas

Ed Motta
Em vídeo, Ed Motta pede desculpas após ataque a Raul Seixas (Imagem: Reprodução / YouTube)

O cantor Ed Motta compartilhou em sua conta no YouTube um vídeo de desculpas a Raul Seixas, sua filha e toda a família por causa de suas declarações acima do tom em uma live realizada em fevereiro. No pedido de perdão, o famoso se mostrou triste e envergonhado.

“Eu fiz uma live de sete horas de duração aqui no YouTube, inicialmente uma brincadeira… As pessoas pensam que eu estou ali falando sério: ‘Faça isso, não coma picanha, não coma pizza com borda de catupiry’. É claro que isso é cheio de ironias”, começou.

Segundo ele, a live foi feita cheia de ironias “com coisas que eu posso achar engraçado e vocês talvez não. Mas o que eu venho aqui falar é que nessa live de sete horas, eu falei sobre diversas coisas. Sete horas não são sete minutos”, salientou.

Veja Também

Ed Motta admitiu que passou do ponto em seus comentários sobre Raul Seixas. “No dia que eu terminei a live, eu falei: ‘Caramba, o que eu falei do Raul Seixas ali vai dar problema, vai gerar chateação’. E não deu outra”, frisou.

O músico confessou que ficou chateado e triste. “Eu não estou em busca de mais likes, mais seguidores, mais quantidade de shows, vender mais discos… Nunca estive em busca disso. Se eu estivesse em busca disso, eu faria uma música que iria para essa direção”, defendeu.

Motta contou que ficou decepcionado consigo mesmo. “Eu fiquei muito decepcionado comigo, não com as minhas opiniões em si a cerca de como funciona o mercado de música”, desabafou.

“Eu estou dentro do mercado de música. A parte do funcionamento do mercado, eu tenho uma crítica clara sobre ela e ela engloba sim quem trabalha dentro de uma gravadora”, disse.

No final, Ed Motta reclamou da sua postura agressiva. “Peço perdão pela forma agressiva e grosseira que falei do Raul Seixas. Eu posso ter uma opinião sobre ele, posso ter uma crítica sobre ele pelo fato de ele ter sido produtor de discos”, declarou.

“Eu tenho críticas a quem é produtor de discos, eu tenho direito a isso. O motivo (de pedir perdão) não é porque os fãs gritaram… O motivo aqui é vergonha, é tristeza”, concluiu.

Confira:

Esse conteúdo não pode ser exibido em seu navegador.

O que você achou? Siga @rd1oficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

Paulo Carvalho
Paulo Carvalho acompanha o mundo da TV desde 2009. Radialista formado e jornalista por profissão, há cinco anos escreve para sites. Está no RD1 como repórter. Pode ser encontrado nas redes sociais no @pcsilvaTV ou pelo email paullocarvalho19@gmail.com.
Veja mais ›