Após delação de doleiro, Bolsonaro provoca Globo com cálculo e menção ao Fantástico

Duh Secco

16/08/2020

Bolsonaro

Jair Bolsonaro usando informação dada por doleiro, e negada pela Globo, para afrontar emissora (Imagens: Reprodução / Facebook – Globo)

A delação premiada do doleiro Dario Messer, com citações à família Marinho, dona do conglomerado de mídia no qual destaca-se a Globo, está fazendo a alegria de Jair Bolsonaro. O Presidente da República, que costuma rivalizar com a emissora e insuflar o eleitorado com tags com “Globo Lixo”, aproveitou as falas de Messer para alfinetar a estação.

Aguardando para o ‘Fantástico’ de amanhã”, twittou Bolsonaro na noite deste sábado (15). A menção à revista eletrônica é uma referência aos muitos comentários, também realizados no Twitter, sobre matérias de impacto no Jornal Nacional. Sempre que um grande escândalo envolvendo o governo de Jair vem à tona, ou atos em investigação dos filhos do Presidente, usuários da rede social impulsionam a tag do noticiário, ansiosos pela edição do dia – e os “ataques” ao chefe de estado.

Antes, Bolsonaro apresentou um cálculo aproximado de quanto a Globo teria faturado nos últimos anos, conforme indicado na delação premiada de Dario. “R$ 1,75 bilhão… É o valor que pode ter sido repassado, em dinheiro vivo à família Marinho da Globo, segundo o doleiro Dario Messer”.

Em depoimento ao Ministério Público Federal do Rio de Janeiro, de 24 de junho, o doleiro afirmou que repassou dólares aos Marinho no início da década de 1990. O relato, divulgado pela revista Veja, detalha visitas frequentes à sede do canal no Jardim Botânico, Rio de Janeiro, para entregar de pacotes de dinheiro – de US$ 50 mil a US$ 300 mil – remetidos para o exterior com o auxílio de Celso Barizon, suposto gerente das contas da família no banco Safra de Nova York.

Messer não apresentou nenhuma prova cabal do que contou na delação. Em nota lida por William Bonner no Jornal Nacional de sexta-feira (14), Roberto Irineu Marinho e João Roberto Marinho afirmaram que “não têm nem nunca tiveram contas não declaradas às autoridades brasileiras no exterior. Da mesma maneira, nunca realizaram operações de câmbio não declaradas às autoridades”.

Confira:

O que você achou? Siga @rd1oficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui
Duh Secco
Escrito por

Duh Secco

Duh Secco é  "telemaníaco" desde criancinha. Em 2014, criou o blog Vivo no Viva, repercutindo novelas e demais atrações do Canal Viva. Foi contratado pela Globosat no ano seguinte. Integra o time do RD1 desde 2016, nas funções de repórter e colunista. Também está nas redes sociais e no YouTube (@DuhSecco), sempre reverenciando a história da TV e comentando as produções atuais.