Após demitir Zeca Camargo, Globo coloca Fernanda Gentil no É de Casa

Fernanda Gentil
Fernanda Gentil ganhou um quadro no É de Casa (Imagem: Paulo Belote / Globo)

Fernanda Gentil vai voltar ao trabalho na Globo, após a suspensão do Se Joga por causa da pandemia do novo coronavírus. Em rede social, a apresentadora revelou que assumirá um quadro no É de Casa, a partir deste sábado (30).

Coincidentemente, o anúncio da jornalista aconteceu no dia em que a saída de Zeca Camargo da emissora foi confirmada. O apresentador, que não teve o seu contrato renovado, era um dos integrantes do semanal.

Em postagem, Fernanda Gentil explicou um pouco da sua nova atração dizendo que será uma espécie de ponte entre pessoas que podem ajudar e aquelas que precisam de ajuda.

“Vou ter um tempinho para falar com vocês sobre ajuda das mais diversas formas: distrair a criançada na quarentena, como ajudar o idoso a falar com um neto, a matar a saudade da filha...”, iniciou a famosa.

A apresentadora do Se Joga acrescentou: “Vamos ajudar esse tempo a passar mais rápido e isso envolve jogo, dinâmica, interatividade, bate-papo… A ideia é tentar ser, minimamente, uma ponte entre quem pode ajudar e quem precisa dessa ajuda”.

“Vem comigo! Conta com a gente no É de Casa, sábado. Estava com saudade. Ainda bem que a gente vai se encontrar”, vibrou Gentil. A sua última aparição na televisão foi em março no Se Joga, que deu espaço para o jornalismo da Globo.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Ei…. há alguns dias, coincidentemente, respondi uma seguidora que, gentilmente, pediu que eu me manifestasse sobre as tantas notícias que estavam saindo sobre a minha possível ida pra CNN, Record, New York Times (acho que não teve essa mas seria maneiro), e outros. Pedi que ela – e todos os que por algum motivo me curtem ou gostam do meu trabalho – acreditasse só, e apenas, no que foi escrito/dito por mim nas minhas redes ou em veículos da minha confiança. Por fim, me comprometi a vir aqui dar alguma notícia ou explicar algo sempre que eu julgasse válido, legal, importante ou necessário. . É o que estou fazendo agora: to aqui, cumprindo o nosso combinado. Quero muito dividir com vocês em primeira mão uma novidade que é verdade, vai rolar, e tem até data pra começar: Sábado no É de Casa! Vou ter um tempinho pra encontrar vocês e, juntos, vamos ajudar a ajudar! Ajudar o tempo a passar mais rápido, ajudar quem já não sabe mais o que fazer com as crianças em casa, ajudar quem quer saber mais de Corona, ajudar, ajudar e ajudar. Quero ajudar alguém, que quer ajudar, a encontrar quem precisa de ajuda. . Um detalhe: vai ser tudo igual bolo gostoso – bem caseiro. Eu daqui de casa falando com você que tá em casa vendo É de Casa. Um segredo: vai ao ar no Sábado e ainda não tenho nada produzido! A solução: você. E acho que o tema do quadro é perfeito pra essa pergunta; “me ajuda a fazer?” Amanhã conto como! . Durmam bem porque 10h tem live aqui heeeeinn espero vocês pra gente treinar junto, eu e meus Ravesclous que não decepcionam NUNCA! Te amos! Beijos!

Uma publicação compartilhada por Fernanda Gentil (@gentilfernanda) em

Demissão de Zeca Camargo

Após 24 anos de contrato, a emissora optou por não renovar com o apresentador. Em nota, o jornalista destacou: “Levo as melhores lembranças desta parceria de 24 anos. Nessa colaboração, celebro a chance preciosa que tive de trabalhar num lugar tão aberto às boas ideias”.

Em comunicado, o canal destacou os trabalhos realizados pelo jornalista, como as entrevistas históricas com astros internacionais. Ele também fez viagens pelo mundo e comandou o Fantástico, No Limite e o Hipertensão.

Zeca foi contratado como apresentador e coordenador de projetos e novos formatos do dominical. “No programa, foi responsável pela criação de diversas séries e comandou entrevistas com grandes artistas internacionais como Paul McCartney, Mick Jagger, Madonna e Lady Gaga”, lembra o comunicado da Globo.

“Levou sua paixão por viajar para o dominical nas centenas de viagens que fez através das séries ‘Aqui se Fala Português’ (1998), ‘A Fantástica Volta ao Mundo’ (2004), entre outras. Coube a Zeca também a apresentação do primeiro reality do país, ‘No Limite’, lançado em 2000”, acrescenta o texto.

No mesmo gênero, o apresentador assumiu os realities O Jogo e Hipertensão, nos anos seguintes. Em 2013, Camargo deixou o jornalismo para o entretenimento e comandou a nova fase do extinto Vídeo Show, mas sofreu com os baixos índices e críticas. Em 2015, então, ele se juntou ao time de apresentadores do É de Casa, matinal que apresentou até o começo de maio, antes de sair de férias.

CONTINUE LENDO →

Fábio Almeida é jornalista, produtor multimídia e um apaixonado pelo que acontece na televisão. É redator e responsável pela coluna “Do Fundo do Baú”, publicada às quintas-feiras no RD1, com conteúdos marcantes da história da TV brasileira. Está nas redes sociais no @luizfabio_ca e também pode ser através do email luizfabio@rd1audiencia.com