Após flagrar Gabigol e MC Gui em festa, Alexandre Frota quer guerra contra festas na pandemia

Alexandre Frota
Deputado federal, Alexandre Frota toma atitude contra festas clandestinas após polêmica de Gabigol em cassino (Imagem: Reprodução / TV Cultura)

O deputado federal Alexandre Frota (PSDB-SP) apresentou na Câmara dos Deputados um projeto de lei que torna crime a realização de festas clandestinas durante a pandemia do coronavírus no país.

A proposta tem como objetivo inibir a aglomeração em boates e até cassinos clandestinos. No último domingo (14), o parlamentar flagrou em conjunto com uma operação policial o jogador Gabigol, o funkeiro MC Gui e o cantor Rafael Vanucci em um cassino clandestino em São Paulo.

A proposta de Alexandre Frota prevê pena de até seis anos de reclusão e multa de R$ 100 mil a R$ 500 mil reais para o responsável do evento. A informação é do O Antagonista.

“As festas clandestinas são uma grande fonte de propagação e disseminação da Covid-19”, declarou Frota. “Nessas festas, os frequentadores pouco ou nada se preocupam em se proteger. Música em volume elevados, bebidas, aproximação entre pessoas e quiçá até consumo de drogas ilícitas”, emendou ele no projeto apresentado na Casa.

Em entrevista ao Lance!, o congressista se mostrou surpreso com a presença de Gabigol, atacante do Flamengo, no cassino. “Chamou atenção a presença do Gabigol. Eu não esperava. Sou Flamengo e ele é um dos ídolos. Óbvio que chamou a atenção”, disse.

“Ninguém esperava, porque nós não fomos lá por causa do Gabigol ou por ser um cassino”, salientou. “Até então, as denúncias que chegaram para mim e para o GARRA era de que estava acontecendo uma festa LGBT na boate”, revelou Frota.

Rosto da polêmica do último final de semana, Gabigol contou que foi convidado por amigos para um jantar, mas não sabia que era dentro de um cassino:

“Eu fui convidado por amigos, realmente eu não sabia para onde eu estava indo. Quando eu cheguei no local, a gente queria jantar, eu moro em Santos e moro no Rio. Então, quando eu cheguei lá, eu comi com os amigos e quando eu estava indo embora, (a polícia) acabou chegando”.

“Não tenho esse costume de jogar”, afirmou. “A única coisa que eu jogo mesmo é vídeo game. Estava com os meus amigos, a gente foi comer, acabamos comendo e quando a gente estava indo embora, a polícia chegou mandado todo mundo ir para o chão”, recordou.

AvatarDa Redação
A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.
Veja mais ›