Zilu
Zilu e os três filhos com Zezé Di Camargo (Imagem: Reprodução / Instagram)

Dias depois da polêmica envolvendo seus filhos com Zezé Di Camargo, Zilu surpreendeu os fãs ao fazer uma série de postagens sobre “família tóxica” em seu perfil no Instagram.

Tudo começou quando os três filhos saíram em defesa do pai na batalha judicial que Zilu moveu nos últimos dias, exigindo o cancelamento da separação de bens acordada no divórcio.

Sem citar o assunto, Zilu limitou-se a fazer as publicações no perfil em que dá dicas de saúde física e mental, chamado @ziluvivasaude. O tema mais recente, porém, foi “família tóxica”.

O post ensinava o público do perfil a identificar uma família tóxica, com base em fatores como problemas de comunicação, manipulação emocional, distanciamento emocional, conflitos constantes, troca de papéis e tortura emocional.

Em nenhum momento, Zilu se colocou como exemplo, mas fez questão de dizer que “laços sanguíneos não criam laços afetivos! Assim como presente não substitui presença!”.

“Reflita! Faça uma avaliação sobre tudo e todos que lhes são tóxicos! Aprenda a respeitar a verdade do outro… e cuidado para que a verdade alheia não confunda a sua verdade!”, completou. Todo o conteúdo do perfil profissional foi repostado no próprio Instagram de Zilu.

Confira:

Ver essa foto no Instagram

Bom dia meus amores!!! Essa semana a @kellencaires_psicologa vai abordar um assunto muito delicado e complexo, mas que infelizmente é muito comum, e pode ser um agravante em quadros depressivos, de ansiedade e de baixa autoestima: FAMÍLIA TÓXICA! 🚸 … O convívio familiar nem sempre é fácil, ainda mais se a dinâmica for marcada por relações tóxicas e abusivas! Mas é importante entender que há uma série de consequências graves, se a convivência dentro de uma família tóxica for grande e inevitável! Problemas psicológicos como ansiedade, estresse e depressão costumam ser os primeiros a se manifestar. Também é possível que sejam desencadeados transtornos de personalidade, além de criar dependência emocional, sentimentos de inferioridade, baixa autoestima e dificuldade para resolver conflitos, o que muitas vezes, infelizmente, resulta-se em suicídios! 😞 … No decorrer desta semana, traremos algumas perguntas e respostas importantes para que você supere “familiares tóxicos”! E vamos começar com essa pergunta: “Mas como devo bloquear as relações tóxicas em família?” 🤔 👉🏼 O primeiro passo é ter consciência de que você faz parte de uma família tóxica! Quando isso acontece, é altamente recomendável buscar o apoio de um psicólogo especializado em dinâmicas familiares. Ele poderá te ajudar a enfrentar tanto os seus conflitos familiares, como melhorar o seu papel dentro deste núcleo, sendo mais coerente com seus desejos e necessidades; 👉🏼 Também é importante que você analise e repense seu próprio comportamento, já que parte da responsabilidade pelas dinâmicas tóxicas pode ser sua; 👉🏼Vejam alguns pontos que te ajudam a melhorar possíveis más posturas: Ter empatia; Respeitar a intimidade e o espaço de cada um na relação familiar; Pensar sempre antes de opinar ou comentar, para evitar falar algo que você pode se arrepender; Ter paciência; Evitar agir de forma impulsiva; Ser assertivo. 😉 … No post de amanhã, vou mostrar alguns elementos que podem te ajudar a identificar uma “família tóxica”! Acompanhe tudo aqui no perfil “Zilu Viva Com Saúde”, e comece um novo estilo de vida saudável agora! 🙌🏼 — #BomDia #FamíliaTóxica #FamiliaToxica #Ansiedade #Depressão #Autoestima

Uma publicação compartilhada por Zilu Godoi (@ziluvivacomsaude) em

Ver essa foto no Instagram

Bom dia, pessoal!!! Dando continuidade ao tema “Família Tóxica”, nossa psicológa @kellencaires_psicologa vai mostrar como identificar uma família tóxica!!! Acompanhem…👇🏼 … Para que uma família seja considerada tóxica, ao menos UM destes fatores pode ser identificado na convivência habitual de seus membros:👇🏼 1- Problemas de Comunicação: a comunicação se faz notar por sua absoluta ausência. Cada integrante da família funciona como um órgão independente, que simplesmente dividem espaços comuns. Tendem a ser autossuficientes, porém carecem de vínculo afetivo. ⚠️ 2- Manipulação Emocional: para conseguir atenção e carinho, normalmente se recorre à chantagem emocional, às mentiras “piedosas” e à manipulação. Em muitos casos, vivem uma MENTIRA para que sempre consigam culpar algum membro familiar! ⚠️ 3- Distanciamento Emocional: são os casos em que os pais nunca chegaram a atender as necessidades afetivas básicas dos filhos. Nunca faltou comida ou caprichos, porém a relação emocional sempre foi fria, sem abraços, beijos ou outros gestos de compreensão, apoio e carinho. Os filhos crescem sem uma figura referente de afeto e isso afeta a visão que têm de si mesmos, como filhos e pessoas. ⚠️ 4- Conflitos Constantes: é muito comum a falta de RESPEITO entre os membros da família, inclusive com episódios de violência verbal e/ou física. 5- Troca de Papéis: são ocasiões como quando os pais são mais imaturos que os filhos, e esses se vêm obrigados a assumir as funções dos progenitores, por exemplo. Ou quando há um caso típico de triangulação, ou seja, um dos filhos acaba atuando como pai/mãe, com o apoio do progenitor, deixando de lado seu papel natural, que é de filho. ⚠️ 6- Tortura Emocional: quando um membro da família se coloca sempre como “vítima”, na intenção de atingir e abalar emocionalmente outro membro familiar! Não há empatia e compreensão, não há respeito, e qualquer situação é manipulada a favor do membro familiar tóxico, culpando e agredindo emocionalmente os outros membros de sua convivência! ⚠️ … Agora que você aprendeu a identificar um familiar tóxico, o próximo passo é: O QUE FAZER? COMO REAGIR? DEVO ME AFASTAR? 🤔 Amanhã, responderei essas perguntas! 😘

Uma publicação compartilhada por Zilu Godoi (@ziluvivacomsaude) em

🔵Boletim RD1 💥 Notícias dos Famosos