Após resultado favorável a Bolsonaro, Record volta a divulgar pesquisas do Datafolha

Record
Depois de ser ignorada, pesquisa Datafolha virou a notícia mais importante do dia na Record (Imagem: Reprodução / Record)

Depois de ser ignorado durante meses pelo jornalismo da Record, o instituto Datafolha voltou a ganhar credibilidade na emissora após a nova pesquisa divulgada nesta sexta-feira (14) mostrar um panorama favorável ao presidente Jair Bolsonaro, que nos últimos tempos vinha registrando recordes de rejeição.

No Boletim JR 24h, os dados foram mostrados como a informação mais importante do dia, dando ênfase ao aumento dos que consideram o governo ótimo/bom – de 32% para 37% -, e à queda nos índices de ruim/péssimo, que despencou de 44% para 34%, em comparação com a pesquisa publicada em 26 de junho, esta ignorada pelos jornais da Record e pelo portal R7.

Alinhada ao governo federal, a Record parecia seguir até então o posicionamento do presidente em relação à confiabilidade do Datafolha. Em março, Bolsonaro se recusou a comentar os números de uma pesquisa realizada pelo instituto do Grupo Folha afirmando que não acreditava na credibilidade da empresa.

O comentarista político contratado pelo Jornal da Record e também alinhado ao discurso do governo, Augusto Nunes, também já criticou o instituto de pesquisa em vídeos publicados na internet. Em uma das ocasiões, o jornalista afirmou que o Datafolha era “uma piada” e “sem valor algum”.

CONTINUE LENDO →

Daniel Ribeiro cobre televisão desde 2010. No RD1, ao longo de três passagens, já foi repórter e colunista. Especializado em fotografia, retorna ao site para assinar uma coluna que virou referência enquanto esteve à frente, a Curto-Circuito. Pode ser encontrado no Twitter através do @danielmiede ou no danielribeiro@rd1.com.br.