Após ser processado, Emerson Sheik responde ações trabalhistas

Emerson Sheik
Emerson Sheik está sendo processado por ex-funcionários (Imagem: Divulgação)

A situação na Justiça não está nada boa para Emerson Sheik. Após ser processado por um empresário, o ex-jogador também está sendo acionado por dois ex-funcionários.

Segundo a coluna de Fábia Oliveira, do jornal O Dia, o primeiro processo foi aberto por Simone Mendes, ex-caseira de Emerson. Na acusação, ela afirma que trabalhou por 8 anos na casa do craque e foi dispensada sem justa causa.

Mendes ainda afirmou que o ex-patrão não deu baixa em sua carteira de trabalho. Além disso, ele não pagou suas verbas rescisórias e não regularizou os depósitos do FGTS.

O processo, que não cabe mais recurso, já que Sheik, que faltou à primeira audiência, perdeu, recorreu e perdeu de novo, está avaliado em R$ 88 mil, no entanto, o valor a ser pago por Emerson ainda será apurado na fase de liquidação da sentença.

O outro processo contra o jogador foi aberto pelo seu ex-cozinheiro, Carlos Coelho. Nos documentos, o ex-funcionário afirmou que Sheik o demitiu sem justa causa depois de um ano de trabalho. Além disso, ele não teve sua carteira de trabalho assinada.

Assim como no outro caso, o cozinheiro também alegou que não recebeu verbas rescisórias e os depósitos do FGTS estavam irregulares.

Para este caso, o valor ficou em pouco mais de R$ 21 mil. A ação está em fase de recurso. Em primeira instância, o ex-craque foi condenado.

CONTINUE LENDO →

A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.