Após vídeo de Prior, advogada rebate ex-BBB e defende vítimas

Felipe Prior
Advogada de mulheres que acusam Felipe Prior de violência sexual se manifesta após vídeo do ex-BBB (Imagem: Reprodução / Twitter)

Advogada das três mulheres que acusam o ex-BBB Felipe Prior de estupro e tentativa de estupro, Maira Pinheiro rebateu a fala do arquiteto sobre a denúncia ter sido feita depois que ele entrou no BBB 2020 e ganhou visibilidade.

Em entrevista ao site Universa, a representante das mulheres, que não tiveram os seus nomes revelados, questionou: “O que as pessoas acham? Que uma mulher que reporta uma violência se beneficia ao falar sobre isso? Tem a ver com desconhecimento do que é viver uma situação dessa”.

“A mulher que reporta um fato desse não se beneficia em nada, se se identifica, a tendência é a de ser vitimada pelo resto da vida. E as vítimas nem se identificaram. Pretendemos que fique assim”, apontou.

Defendendo as mulheres após a repercussão de que as denúncias só foram feitas por interesse, Maira foi técnica: “O único limite temporal para denunciar é o estabelecido por lei, de 16 anos”. Sobre o pedido de inquérito policial pelo Ministério Público de SP, a advogado disse que soube da decisão pela imprensa.

“Não sei se será instaurado um único inquérito ou mais, já que os crimes foram praticados em datas e cidades diferentes. Ainda estamos aguardando para ver quais serão as providências”, declarou. “Vai demorar bastante para chegar em um desfecho. Tem um longo caminho pela frente e a gente quer que todas as etapas sejam cumpridas dentro do processo legal”, completou.

A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.

WordPress Lightbox